Cibele e as relações humanas

capa-cibele_2270

Ao casar com Paulo Sérgio Costa, Cibele Bastos adicionou o da Costa a seu nome já bastante conhecido profissionalmente. Nascida em Curitiba, morou em outras cidades, devido à profissão de seu pai, até voltar definitivamente para sua terra natal. Por onde passou, estudava e olhava. Reparava o intrigante comportamento humano. Por que as pessoas agiam de um modo e não de outro? O irracionalismo fazia parte da natureza humana? Atrás de respostas, fez o curso de psicologia na PUCPR. Depois de formada começa a perseguir seu objetivo passando por várias etapas. Trabalhou em clínica psiquiátrica, na Secretaria de Recursos Humanos durante a gestão de Jaime Lerner em 1991, adquiriu experiência, conhecimento até chegar ao que almejava: trabalhar junto à área empresarial. Junto a pessoas, a grupo de pessoas, com o foco nas relações humanas no trabalho. O trabalho e o homem, não o trabalho e o capital. Gestão de pessoas, relações humanas entre os trabalhadores de uma empresa. Do presidente ao último dos funcionários. Conversar com a Cibele é ser atraído para um universo onde a compreensão do comportamento humano, inserido no meio social, e sua análise dão a dimensão de sua competência e humanidade. Há anos trabalha como consultora junto a diversos clientes: Fiep, Docol, Volvo, Itaipu, Whirlpool, entre outros. Tem mestrado em comunicação e linguagem na Universidade Tuiuti e é professora no curso de pós-graduação da FAE. Essa bela moça não para nunca. Está sempre a pesquisar e a tentar compreender e desvendar a difícil convivência entre os seres humanos.

Dico Kremer

Cibele Bastos. Foto: Dico Kremer

Cibele Bastos. Foto: Dico Kremer

Leia mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *