Afinal, o que é estresse?

stretched-thin.best_

Tecnicamente falando, estresse é a mobilização geral do organismo, preparando-se para a emergência. É a reação que nos prepara para lutar ou fugir das situações de perigo.
Existem dois tipos de estressados:
Ansiosos: são impacientes, ambiciosos, agressivos. Estão sempre querendo fazer alguma coisa e sempre com pressa. O estresse dos ansiosos tem origem em um excesso de estímulo.
Depressivos: introvertidos, incapazes de manifestar sua agressividade e com espírito de renúncia. Temem os conflitos e o contato com os outros. Privam-se de estímulos emotivos e evitam situações que possam causar ansiedade.

O grande segredo para o equilíbrio do nosso organismo é o respeito aos nossos ritmos: mental, físico e emocional, aliado à qualidade do nosso sono, alimentação e exercícios físicos. Como estamos sempre correndo, atrasados, trânsito, excesso de coisas para fazer, acabamos por não cuidar de nós mesmos, justificando essa negligência por falta de tempo.
Em função disso o grande trabalho a ser realizado é a mudança de atitude. Pensamento positivo, determinação na solução dos problemas, tentando diminuir as preocupações que são sinônimo de câncer mental.

Somos as únicas criaturas na face da Terra capazes de mudar nossa biologia pelo que pensamos e sentimos. Um surto de depressão pode arrasar nosso sistema imunológico; apaixonar-se, ao contrário, pode fortificá-lo tremendamente.
Algumas dicas para uma vida menos estressante:
• Torne seu astral mais elevado, não se abale facilmente.
• Deixe sua casa mais alegre, seu ambiente de trabalho mais leve, mais iluminado, ventilado, cores claras.
• Evite alimentos que estressem o organismo: frituras em excesso, açúcares, etc.
• Beba muito líquido durante o dia.
• Evite excesso de álcool e tabaco.
• Pratique esportes regularmente, são sempre válvulas de escape. Caminhadas trazem relaxamento. Um organismo bem condicionado fisicamente e relaxado não acumula tensões.
• Melhore sua autoconfiança, tenha mais fé, seja mais afetivo e mantenha uma imagem positiva de si mesmo.
• E, por último, visite seu médico regularmente. Ele pode analisar com precisão a que nível anda o seu estresse e qual é o melhor remédio para você.
Viva e seja feliz!

Leia mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *