Brisa na voz e no olhar

capa-su

Ela é cantora. Mas é mais: é sensível, é atenta, tem excelente repertório, cuidado com a voz, pesquisas precisas, sensibilidade à flor da pele. Ela é afinadíssimamente aguda, daquele jeito que faz com que gere expectativa e emoção no ouvinte. Não conhece o limite que deixa a música erudita de um lado e a popular de outro, o que lhe toca a alma é o que dispara suas escolhas. Voa solo, mas gosta da partilha e por isso se desdobra também com os pares do Vocal Brasileirão e com as meninas d’O Tao do Trio.

Ela é professora. Mas é mais: é dedicada, preocupada, exigente. Tem e reclama disciplina; dá e recolhe ensinamentos. Torce para que os alunos a superem, ensina como fazer isso. Ela tem a generosidade dos grandes mestres – e quem está lá no Conservatório de MPB de Curitiba sabe disso.

Ela é mãe. Mas é mais: é conselheira, médica, psicóloga, enfermeira, motorista. Vai e vem, leva e traz, acompanha em todos os momentos. Conhece o indecifrável milagre de fazer o dia ter 72 horas para poder dar conta de rotina maluca, sem prejuízo para os filhos: os que têm, os que adota, os que olha de longe, os que torce em segredo.

Ela é esposa. Mas é mais: é companheira, é incentivadora, é a musa de Vicente Ribeiro, grande músico, maestro e arranjador. Quando ela é a voz, ele é o piano. Se ela é a música, ele é o violão. Ela poesia, ele melodia. O casamento perfeito.

Suzie Franco é única, mas é mais, é muitas. Ela tem aquela coisa boa no olhar que se esparrama em sua arte, em sua voz, em suas inúmeras possibilidades. Ela é uma brisa aguda que desdobra talentos em várias direções.

Adriana Sydor

su

Leia mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *