Isabela França. Ed. 149

capa-isa-149

As siamesas

AD1A8699

Foto: Adalberto Rodrigues

Elas são lindas e brilham naturalmente. As irmãs gêmeas Fran Reis e Francine Reis Francheschi comandam, desde o final do ano passado, a Madame Morena, loja de acessórios sofisticados e objetos de estilo, em Curitiba.

Mais do que qualquer peça das prateleiras da loja, a dupla de irmãs é sucesso absoluto. Além de lindas, ambas refletem elegância, alegria e bom gosto. As produções assinadas pela Madame Morena começam a ganhar fãs em Curitiba e fora daqui. Além da loja, as peças podem ser compradas pela internet.

Na loja, as vitrines mudam a cada semana e trazem as principais tendências dos desfiles internacionais. Além de peças próprias da grife Madame Morena, peças de estilistas e designers de acessórios como Shourouk, Lulu Frost e Rodrigo Otazu podem ser encontradas no espaço. O número de peças é limitado, para garantir mais exclusividade à clientela seleta. A Madame Morena fica na Avenida do Batel, 1.230, loja 5.

Vertigo

Denise Gadelha é quem convida para a exposição Vertigo, com obras de Carmela Gross, Darren Almond, Eduardo Kac, Isao Hashiomoto, Ivan Grilo, Jules Spinatsch, Katinka Pilscheur, Luiz Roque, Luiz Zerbini, Miguel Palma, Nuno Ramos, Odires Mlászho e Semiconductor, aberta ao público de 13 de março a 19 de abril, na Sim Galeria de Arte, em Curitiba.

“A vertigem é um sintoma de descompasso. Ocorre em curto circuito perceptivo quando, por exemplo, o feedback dos dados processados pelo cérebro diverge das sensações experimentadas pelos sentidos que orientam o corpo no espaço. O indivíduo, mareado, sente como se tudo estivesse a ponto de se dissolver; a matéria, então, menos sólida, parece ondular em um universo elástico. No âmbito estético, a vertigem é frequentemente associada a situações em que representações ambíguas desafiam a interpretação do olhar. Imagens em que a reversibilidade entre figura e fundo pulsa, alternadamente, disputando a atenção em primeiro plano. Vertigo busca ampliar esta abordagem sugerindo também alegorias de ordem psicológica ou social para além da dinâmica fisiológica. Testemunhamos uma era em que a humanidade está mergulhada no oceano polifônico de informações partilhadas em rede. A conexão com esta teia coletiva insere percepções de outros tempos e espaços no seio da vivência do agora. Há tanto para ver, tanto para saber, tanto para digerir... Tudo, ao mesmo tempo, dilatado por um caleidoscópio de possibilidades”, diz Denise.

Na abertura, Jules Spinatsch lançou o livro fotográfico Snow Management Complex.

Tatoo

Valeria_Yoshino

A maringaense radicada em Curitiba Valéria Yoshino, especialista em micropigmentação, é uma artista com a agenda lotada de clientes que pretendem corrigir pequenas imperfeições nas sobrancelhas, pálpebras, lábios e cicatrizes. Com uma técnica precisa, e a certificação do espanhol Mário Gisbert, considerado o melhor do mundo, o trabalho de Valéria passa longe daquilo que se conhece por maquiagem definitiva. A técnica desenvolvida por Gisbert combina tintas especiais e valoriza os traços da face com naturalidade. O trabalho começa com uma consultoria anterior à aplicação da técnica, avaliação da profissional e o procedimento pode levar até duas horas. Detalhista ao extremo, Valéria aplica boa dose de sua paciência e determinação oriental e tem resultados inacreditáveis. A moça atualmente divide seu tempo entre Curitiba e São Paulo. Em abril, estará acompanhando Gisbert numa apresentação a profissionais de todo o mundo, em Londres. 

Imagem

Mariana-Assad

A consultora de imagem Mariana Assad lançou seu novo site, no dia 13 de março, na Livraria Cultura, do Shopping Curitiba, com uma palestra sobre roupas certeiras para trabalhar. Acompanhada do cabeleireiro Ivaldo Lima, do Stylo Hair, um de seus parceiros mais antigos, deu dicas sobre os elementos que compõem o visual, entre eles o figurino, o cabelo e a maquiagem. Com uma análise profunda, a consultora busca conhecer e entender as diretrizes da profissão de seus clientes, o perfil da empresa em que trabalha e identifica as principais características da companhia para finalizar seu trabalho. Seu novo site, o www.pontopessoal.com.br também traz um pouco mais sobre o assunto. Mariana é formada em Marketing e Fashion Design com especializações em Visagismo e Figurinismo. Durante dez anos atuou como produtora de moda em eventos como o São Paulo Fashion Week e Fashion Rio. Além de realizar palestras e consultorias por todo Brasil, é professora do Centro Europeu de Curitiba nos cursos de Design de Interiores, Marketing e Gestão Empresarial. 

Exotique

exotique-002

Com a sobremesa Exotique, a jovem chef patissier Karen Takizawa, venceu a promoção “Sobremesa Premiada”, realizada pelo Restaurante Madero em parceria com a World Study, e se prepara para embarcar para a Austrália para um curso de um ano, na conceituada Le Cordon Bleu, na filial australiana da escola de culinária. Karen teve mais de 50% dos quase 36.000 votos de internautas. A moça, de 24 anos, estudou Gastronomia na PUC-PR e pretende se aperfeiçoar em confeitaria.  “Fazer um curso com foco em pâtisserie era um desejo antigo e agora irei realizar e, para melhorar, na Le Cordon Bleu, uma das melhores escolas do mundo. Eu não poderia estar mais feliz”, diz. A promoção “Sobremesa Premiada” recebeu diversos vídeos vindos de diferentes partes do Brasil com receitas bastante originais de sobremesa e dez delas foram selecionadas para participar do concurso. 

Danken Got

Cinthia Chamecki e Andrea Lerner ganharam o prêmio de melhor documentário escolhido pelo público no Cine Judio de Punta del Este e foram indicadas ao Miami Jewish Film Festival com Estamos Aqui – Danken Got, que conta a história da imigração judaica ao Paraná. No final de março, uma sessão privada do filme acontece no Shopping Mueller, em Curitiba.

Gelato

7772464388_acef883893_h

Não foi apenas o calor acima do normal em janeiro, em Curitiba, que deixou os donos de sorveterias rindo à toa. Terra do frio, a capital paranaense triplicou as vendas de sorvetes no mês. A sessentona Sorvetes Gaúcho dobrou o movimento de final de semana e triplicou nos dias de semana, em comparação a verões anteriores. Primeira loja da franquia norte-americana no Brasil, a Cold Stone Creamery também viu suas vendas multiplicarem no calorão e já abriu mais uma unidade na cidade. Seus sorbets à base de água tiveram uma procura maior e a venda de cupcakes gelados superaram as expectativas dos proprietários.

A franquia Los Paleteros, originária do México, também comemorou a explosão de vendas e novos pontos de seu negócio. E a marca local Gelataio, famosa por seus sorvetes à base de cerveja, ganhou loja própria no Shopping Estação. O crescimento, na verdade, mostra uma tendência do mercado – registrada em todo o Brasil – de ampliação da fatia de sorveterias de luxo. As sorveterias artesanais multiplicam-se a olhos vistos e o consumidor está em busca de texturas leves, ingredientes nobres e de qualidade. Com isso, o consumo de sorvetes quase dobrou no país em 10 anos e o mercado chega a movimentar mais de R$ 4 bilhões ao ano. 

Leia mais

Deixe uma resposta