Villa, o novo cronista

capa-marcos-villa

Marcos Villanova de Castro. Villa. Homem de texto refinado. Fluído. Daqueles que dá gosto de ler e que deixa sempre a sensação de quero mais. Essa qualidade todos poderão comprovar a partir de agora nesta revista Ideias que passa a publicar suas crônicas.

Villa é homem de muitas habilidades. Craque da propaganda e exímio marquetólogo. Depois de décadas de trabalho e de alguns casamentos, construiu um currículo de vitórias que faz inveja aos concorrentes nativos. Mas Villa é dos modestos. Low profile. Não gosta de aparecer. Quem deve aparecer é o produto ou o candidato, regra básica nem sempre respeitada na área, que Villa, profissional de primeira linha, tem como princípio.

Começou cedo. Nesses anos todos fizemos parcerias aqui e no exterior. Até aqui invictas. Chegamos a ter uma agência imaginária para aproveitar os nomes pelos quais éramos conhecidos. Ele, sempre o Villa. Eu carregava a alcunha de Zapata. Villa & Zapata volta e meia volta a operar. Também tivemos um jornal imaginário, o Secos e Molhados, que navegou na imaginação muito antes de ser nome de conjunto musical, aquele do Ney Matogrosso em suas origens.

Villa vem ajudar a ampliar o universo de leitores da revista. E para pôr em prática um plano que vai ficando antigo, a “Casa de Ideias”, lugar de debate que pretende qualificar a interlocução no pedaço.

Fábio Campana

Foto: Dico Kremer

Foto: Dico Kremer

Leia mais

Deixe uma resposta