Curtas. Ed. 154

Wilson_Dias_Agencia_Brasil

Dilma. Foto: Wilson Dias – Agência Brasil

Santander e Dilma
Os clientes do Banco Santander categoria Select (com renda mensal superior a 10 mil reais) receberam em seu extrato mensal de julho uma nota alertando que a reeleição de Dilma pioraria a economia local. O texto apontava um cenário em que a economia brasileira seria deteriorada com uma possível reeleição de Dilma. Depois da repercussão do fato, o banco pediu desculpas e disse que o texto não reflete a posição da instituição. Perguntada sobre a situação, Dilma, considerou lamentável, inadmissível e prometeu ter “uma atitude bastante clara em relação ao banco”.

 

Alvaro Dias, Romário e CBF
O deputado Romário declarou apoio ao projeto do senador Alvaro Dias, que garante maior transparência nos gastos da CBF. Entre outras medidas, o projeto de Dias estabelece uma nova política de fiscalização e controle sobre as entidades responsáveis pelo futebol e obriga a CBF a prestar contas anualmente no TCU.

Romário parabenizou o senador e garantiu que vai apresentar na Câmara uma proposta semelhante. “Depois de tanto sofrimento, acredito que agora é a hora de emplacarmos a nova era do futebol brasileiro, trazendo a transparência que a atividade exige, exterminando atos corruptos que vêm manchando a história da nossa paixão nacional”, disse o deputado.

 

Ficou para 2015?
Depois de o presidente do Clube Atlético Paranaense, Mario Celso Petraglia, afirmar que a Arena da Baixada receberia o UFC dia 25 de outubro, o evento foi confirmado para o Rio de Janeiro. A principal atração será uma revanche entre o brasileiro José Aldo e o americano Chad Mendes.

Nesse meio tempo em que a Arena da Baixada apareceu como o lugar mais cotado para receber o card, foi discutida até a possibilidade da instalação do teto retrátil a tempo do evento. Petraglia sempre deixou claro que uma das maiores utilidades da Arena seria a realização de shows e eventos de grande porte. A expectativa é que a Arena receba uma edição do UFC em 2015.

 

Requião surta na CBN
Na manhã do último dia 30, Requião esteve na CBN Cascavel para falar com o jornalista Valdomiro Cantini. Tudo corria normalmente até que Cantini perguntou sobre a retirada de um aditivo que previa duplicação da BR-277. Requião não gostou da pergunta, esbravejou e, irritado, abandonou a entrevista, que era ao vivo.

 

Empate técnico
Pela primeira vez nessa corrida presidencial, uma pesquisa aponta empate técnico na disputa do segundo turno. Segundo pesquisa do Datafolha, divulgada 17 de julho, para a disputa do primeiro turno, Dilma (PT) tem 36% das intenções de voto (2% a menos do que na pesquisa anterior), enquanto Aécio Neves (PSDB) manteve-se nos 20% e Eduardo Campos (PSB) caiu de 9% para 8% em relação ao último levantamento.

Já nas simulações do segundo turno, Dilma, com 44%, e Aécio Neves, com 40%, aparecem, pela primeira vez, tecnicamente empatados. Em uma simulação contra Eduardo Campos, Dilma também tem vantagem modesta: 45% contra 38% de Campos.

 

Queda depois da Copa
De acordo com o mesmo levantamento, a Copa foi prejudicial para a popularidade de Dilma Rousseff. Após o mundial, o número dos brasileiros que consideram o governo federal ótimo ou bom caiu de 35% para 32%, enquanto os que consideram ruim ou péssimo subiu de 26% para 29%.

 

Candidatas paranaenses
Nas eleições de 2014, o Paraná teve crescimento de 28% em relação ao número de candidaturas femininas registradas em 2010. Apesar do aumento, o número fica bem abaixo da média nacional, que teve um crescimento de 46% de candidatas. Uma lei garante reserva de 30% das inscrições para mulheres, mas nem todos os partidos conseguiram preencher a cota.

Leia mais

Deixe uma resposta