Detran prepara nova fase de serviços online

dsc_0548

Departamento de Trânsito do Paraná vai ampliar os serviços disponíveis no Detran Fácil. Sistema que oferece serviços pela internet vai ficar mais rápido e seguro. Expectativa é que as novidades estejam disponíveis nos próximos meses

 

O Departamento de Trânsito do Paraná se prepara para ampliar os serviços oferecidos pela internet. A nova fase do sistema Detran Fácil, que desde 2011 disponibiliza serviços online de habilitação e veículos, deve ser lançada em breve. Com as novidades, os paranaenses poderão realizar pela internet alguns serviços que antes só podiam ser feitos presencialmente, por exigirem comprovação de identidade.

“O Detran Fácil integra diversos serviços com maior demanda entre os usuários. A ideia é justamente facilitar a vida do cidadão e evitar o deslocamento até uma sede física. A expectativa é que, nesta nova fase, o número de serviços feitos pela internet dobre na comparação com 2013”, explica o diretor-geral do Detran, Marcos Traad.

Em junho deste ano, o sistema atingiu a marca de um milhão de serviços realizados. Isso significa que, desde o lançamento, em maio de 2011, 1.162.222 pessoas deixaram de ir aos balcões de atendimento do Detran, diminuindo a burocracia nos processos e reduzindo em até duas horas o tempo de espera em algumas unidades da autarquia.

O uso da internet para solucionar problemas e realizar processos do Departamento cresceu consideravelmente. Em 36 meses, o aumento foi de mais de 800%, de acordo com a Coordenadoria de Tecnologia de Informação do Detran.

A média mensal de acessos subiu de forma gradativa. No primeiro ano eram cerca de 6 mil serviços solicitados por mês. Em 2012, o número dobrou e chegou a 13 mil. Em 2013, triplicou e somou 39 mil. Em 2014, já são mais de 80 mil acessos mensais.

“As pessoas não querem perder tempo, confiam nos serviços online e já estão acostumadas a fazer compras, transações bancárias e até agendar consultas médicas pela internet. O poder público tem que acompanhar, é uma realidade irreversível”, reforça Traad.

 

Plataformas

autoatendimento_detranO Sistema do Detran envolve o site, terminais de autoatendimento e TV Digital. Hoje, o Detran Fácil tem seis funções: segunda via da Carteira Nacional de Habilitação, segunda via do documento do veículo (CRLV), Permissão Internacional para Dirigir (PID), Renovação Automática da CNH, extrato de débitos do automóvel, pontuação da CNH e consulta de envio do licenciamento anual.

Na nova fase, os usuários poderão fazer também: alteração de endereço do veículo e de CNH, entrada de recursos de multas e suspensão/cassação da habilitação e agendamento de cursos de reciclagem. Novos serviços serão incorporados ao longo do tempo.

A nova plataforma permitirá ainda que o usuário mantenha seu cadastro sempre atualizado e que o Detran entre em contato via e-mail e mensagem SMS, avisando sobre vencimento da habilitação, andamento de processos e resultados de provas e exames. Outra novidade é que o usuário poderá se conectar via redes sociais, como Facebook, Twitter e Google+.

 

Segurança

Para ter acesso às novas funções, o Detran Fácil precisará de comprovação de identidade, que deve ser feita mediante autorização presencial – uma única vez – em uma unidade física do Detran Paraná. Funciona assim: o usuário preenche, imprime e assina uma autorização que permite o acesso ao banco de dados e o uso da aplicação, comprovando sua identidade.
Toda segurança será realizada por tecnologia já utilizada por sistemas bancários em suas aplicações de internet, garantindo a confiabilidade do processo de identificação.

“Quando os bancos criaram os sistemas online, os clientes passaram pelo mesmo processo. É uma garantia, uma segurança ao usuário e à instituição”, destaca o coordenador de tecnologia do Detran, Rafael Benvenucci.

 

Usuários

A agilidade é a principal vantagem apontada por quem já usou o sistema. O curitibano Antônio Silvia, de 75 anos, fez a renovação automática da habilitação e aprovou. “Minha filha agendou tudo pela internet, foi muito mais fácil e rápido. Só fiz o exame médico e recebi a CNH em casa”, conta ele.
A estudante Gabriela Alcoforado, de 18 anos, usou os terminais de autoatendimento para consultar os resultados dos testes de direção e o status do envio do documento. “Não precisa ir ao Detran, retornar depois de uma prova ou solicitação, nem enfrentar fila. É muito mais rápido e simples”, ressalta.

 

Serviços

Em alguns casos, os serviços online já respondem por mais da metade do total de processos, superando a modalidade presencial. Na Emissão de CNH definitiva, por exemplo, o Detran Fácil atendeu 57% do 698.259 total de documentos emitidos desde 2011.
Dos motoristas que solicitaram a Permissão Internacional para Dirigir (PID) no período, mais de 71% usaram a internet. Na segunda via da habilitação, 49,5% dos processos foram digitais e não exigiram deslocamento dos condutores.

 

Autoatendimento

O Detran possui hoje 137 terminais de autoatendimento distribuídos em Ciretrans e locais de grande circulação, como shoppings, mercados e prefeituras, em 93 cidades do Estado. Ao longo de três anos, foram realizados 341 mil serviços via Detran Fácil nos equipamentos. A previsão é que até o fim de 2014 sejam 300 terminais em funcionamento, com possibilidade de pagamento de guias pelo cartão de débito.

Leia mais

Deixe uma resposta