Mapa do coração ao Sul

1445726_46857120

Levarei sem pressa o mapa dobrado do coração no bolso
Reinventarei sua cartografia, rasgarei seus caminhos já sabidos
Como se desperta de um sonho

Pisarei bem forte nas linhas quase apagadas para desmanchá-las e poder criar meu novo rumo
Um novo mundo

Verei de perto as tempestades solares

Percorrerei as margens obtusas
Desbravarei os mares
Pularei os hemisférios
Juntarei os oceanos
Inundarei os desertos

Para criar um mapa eterno do coração que leve a todas as partes
Norte, Sul, Leste, Oeste
Sigo seu mar sem bússola
Desenho a pele que esconde todas as cicatrizes
São elas que dominam os territórios selvagens

Me espera
para correr em todas as direções
E na hora em que chegarmos (ou partimos)
Vamos recomeçar de novo
Passo por passo
Para ouvir o som (lembra quando ouvimos baixinho quando voltávamos para casa?)
Do coração ao Sul

Leia mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *