Curtas. Ed. 164

Lula. Foto: Ricardo Stuckert/Instituto Lula

 

Livrai-me da cachaça, amém

Lula em encontro com sindicalistas debochou de pastores evangélicos a dizer que, para eles, tudo é o diabo. Na sua fala o ex-presidente disse que “você está desempregado, é o diabo, está doente é o diabo”. Contudo, não ficou assim tão simples. O pastor Silas Malafaia em pouco tempo rebateu com um vídeo, e antes do tradicional “Deus abençoe a todos”, mandou um recado exclusivo para Luiz Inácio, “Lula, você vai entender. Você sabia que Jesus liberta da cachaça?”

 

Às compras

Eduardo Cunha, presidente da Câmara dos Deputados, defendeu a construção do Anexo 5 prometido em sua campanha. O projeto custará R$ 1 bilhão e será feito numa parceria público-privado, logo não haverá dinheiro público investido. O projeto que ficou mais conhecido como shopping, devido à instalação de lojas e escritórios de empresas privadas, fez com que PSDB e PT se unissem contra essa engenharia. Além destes, PPS e PCdoB também orientaram suas bancadas a votar contra. Cunha disse ser necessário, além de explicar “Não tem nada de shopping”.

 

Camarão que dorme a onda leva

O ministro da Defesa norte-coreano Hyon Yong-chol foi executado por adormecer em cerimônia que contava com a presença do ditador Kim Jong-um. A execução foi realizada por um tiro de bateria antiaérea em frente a centenas de pessoas. Embora a prática não seja anormal, a morte de Yong-chol mostra instabilidade no país, pois mortes de pessoas próximas ao ditador não são comuns. As informações são do serviço secreto sul-coreano.

 

Tumultuando

No dia 22 de maio, o diretor da Escola Professora Rosa Frederica Johnson, Alci Fonseca Romero, registrou boletim de ocorrência na Polícia Militar reclamando do tumulto causado por grevistas da APP-Sindicato. A escola fica em Almirante Tamandaré na Região Metropolitana de Curitiba. Segundo o diretor, os grevistas entraram na escola sem autorização e começaram a gritar, com megafone, atrapalhando o início das aulas, por volta das 7h30. “Eles causaram tumulto, colocando em risco a integridade física dos alunos e dos demais presentes”, reclamou Romero.

 

Diminui, mas ainda é grande

Pelo quinto ano consecutivo o número de mortes no trânsito foi reduzido em Curitiba. Em 2014, 222 pessoas morreram em acidentes, contrapondo com 2010 quando o número chegou a 320. Apesar de ser alto é a metade da média brasileira. A principal causa está relacionada com o álcool e ocorre, principalmente, nos finais de semana.

 

Impeachment – pede pra sair

O pedido de impeachment do governador Beto Richa, peça que mais serve para a propaganda política que de elaboração jurídica, é comemorado nos arraiais do PT. Liderado pelo advogado Tarso Cabral Violin, o pedido foi entregue ao presidente da Assembleia, Ademar Traiano, do PSDB, que deve examiná-lo e decidir se o aceita ou não.

 

Passa ou repassa

O empresário Hermes Magnus, ex-sócio do deputado José Janene (PP), disse em entrevista à revista Carta Capital que o doleiro Alberto Yousseff lavou dinheiro desviado das obras do Contorno Norte em Maringá para o casal petista Gleisi Hoffmann, senadora pelo Paraná, e Paulo Bernardo, ex-ministro de Comunicações do governo Dilma Rousseff (PT). Magnus foi sócio de Janene na Dunel Indústria e o denunciou em 2008 quando descobriu que o empreendimento era utilizado para lavar dinheiro.

A empreiteira responsável pela obra do Contorno Norte, a construtora Sanches e Tripoloni, repassou R$ 2,4 milhões para Gleisi nas duas últimas campanhas: R$ 510 mil em 2010 e R$ 1,9 milhão em 2014. A obra também é suspeita de superfaturamento e investigada pelo TCU – e que custou R$ 412 milhões. Gleisi e Bernardo foram acusados ainda de usar o jatinho da empreiteira na campanha de 2010.

Deixe uma resposta