Raphael Bittencourt – Fotografia & Design

capa-166-ensaio

Aos 17 anos Raphael Bittencourt ganhou a sua primeira câmera fotográfica, uma Canon A1 35 mm. Há muitos anos convivia com uma paixão de família, o seu avô e o seu pai eram fotógrafos amadores. As imagens estáticas da fotografia, do desenho, da pintura, das artes gráficas, ou aquelas em movimento, do cinema, filme ou vídeo, falavam-lhe à mente e ao coração. Depois de terminar o curso de desenho industrial da UFPR, hoje chamado de design gráfico, desenhou meticulosamente, a bico de pena, a sua trajetória artística. Praticamente nenhuma área ligada à imagem foi deixada de lado pelo talentoso artista visual. O contato com as cores no bureau de impressão, a descoberta das ferramentas e possibilidades do photoshop, a computação gráfica, o desenho, a ilustração, o design, os filmes e os vídeos, o trabalho em agências de publicidade, a fotografia, por todas essas experiências e atividades Raphael palmilhou com constância e dedicação.

Com a câmera comum a única objetiva, a normal, passou a fotografar a vida selvagem, plantas, cenários e animais. A objetiva de 50 mm lhe possibilitava fazer fotografias mais aproximadas, em detalhes, o olhar para baixo a retratar o micro. Quando da compra de outra objetiva, uma zoom 75-300 mm, pode, finalmente, olhar também para cima. A trazer o longe mais para perto.

Em sua busca pela criatividade, a imagem como foco, dedicou-se a diversas atividades: montou um estúdio para atender o mercado publicitário, retratou pessoas, pesquisou materiais alternativos como suporte para cópias fotográficas, fez diversos filmes autorais, ficção e documentários. No cinema Raphael é múltiplo: escreve o roteiro, faz direção de fotografia e de cena e edição. Tem um competente trabalho nas áreas de design e de ilustração. Deu aulas de fotografia em Curitiba e palestras em São Paulo a convite da Fhox, escola de fotografia e editora de revista dedicada ao mercado fotográfico. E teve uma experiência no comércio da qual não guarda boas recordações. Foi sócio de um bar/restaurante durante quatro anos.

Atualmente Raphael mora nos Estados Unidos onde faz um mestrado em direção de filmes na New York Film Academy em Los Angeles. Terminará o curso no final de 2016.
Do vasto material que o artista tem em seu arquivo escolhi, para esse número da Ideias, algumas fotografias que tirou num aquário da costa oeste dos Estados Unidos, perto de Monterey. Com uma Canon EOS5D com uma objetiva macro de 100 mm utilizando a luz natural, encostou a objetiva no vidro e esperou o momento certo para disparar o obturador. O olhar treinado do fotógrafo aliou-se ao seu conhecimento de design para, então, fixar o movimento das medusas em enquadramentos precisos que transmitem a ideia de um balé aquático.
Para quem quiser olhar com olhos de ver outros trabalhos do artista seguem os endereços da internet:

site vimeo youtube

 

 

2_big-sur-04

 

 

3_big-sur-05

 

 

4_big-sur-07

 

 

5_big-sur-03

 

 

6_big-sur-12

 

 

7_big-sur-06

 

 

8_big-sur-08

 

 

9_big-sur-10

Leia mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *