Motociclista mergulhador alpinista nadador paraquedista viajante fotógrafo

capa-ensaio-168

Há 19 anos Cesar Bond trabalha. E há muito mais tempo estuda. E continua a estudar, a pesquisar, a criar dentro do universo daquela atividade onde pode desenvolver o seu grande talento: o da fotografia.

Cesar é um moço de 35 anos que se dedica com afinco a tudo que faz. Enquanto estudava pela manhã na UFPR para se formar em Direito, fazia estágio no tribunal a tarde, no fim da tarde lecionava matemática e de noite trabalhava com eventos de formatura. Mas durante todo o dia pensava sobre a arte fotográfica.

O começo foi por volta do ano 2000. Meticuloso e tenaz viajante levava junto com ele os seus hobbies, as suas habilidades: paraquedista, nadador, motociclista, mergulhador, praticante de bungee jumping, alpinista, surfista,fotógrafo. As suas aventuras e as paisagens e ambientes pelos quais passava eram devidamente registrados. Quando viaja, viaja só e dispensa luxos. Em sua mochila leva o essencial e o seu equipamento fotográfico. Já conhece 44 países e, se depender de sua vontade, quer conhecer todos os outros. Ou quase todos. E mais o Ártico e a Antártida. Das sete maravilhas da natureza só não esteve no Everest e no vulcão Paricutín, no México.

Cesar tem muitas histórias para contar de suas viagens. A que mais gosto se deu na passagem do ano 2013/2014 em Hong Kong. Para conseguir o melhor lugar para fotografar a queima de fogos da meia noite Cesar chegou ao local às 14:00 horas. No fim da tarde sete jovens chineses, moças e moços,se postaram perto dele. Com vontade de conversar, de trocar ideias, Cesar disse: “Hi, I am from Brazil.” Gestos frenéticos de incompreensão. Então, escreveu em uma folha de papel a mesma saudação. Mais gestos negativos. Bem, só devem entender chinês, pensou. Foi quando viu que se comunicavam com gestos. Eram surdos. Querendo se comunicar pediu a um chinês, em inglês, que estava por perto, para que enviasse pelo celular a mensagem dizendo que era brasileiro. Frenéticos gestos de boas vindas, abraços, beijos. Então Cesar instalou em seu celular um aplicativo, o QQ International, de tradução em várias línguas, hoje usado por mais de cem milhões de usuários no mundo. Ali conversaram, trocaram ideias, desejaram-se felicidades na passagem do ano e terminaram a madrugada em um bar a comer e a beber.

Hoje além de seu trabalho, de suas viagens programadas, Cesar fotografa casamentos, eventos e, mais que tudo, tem um trabalho pessoal, criativo, que vem desenvolvendo com muito cuidado. Dos dois que me apresentou, ambos notáveis, selecionei as fotografias feitas nas piscinas da PUC e do Colégio Estadual do Paraná com as moças do nado sincronizado. Com a minha experiência de alguns anos de fotografia voltada a publicidade percebi a dificuldade encontrada pelo Cesar e suas modelos no desenvolvimento do trabalho. Na água a luz tem outra trajetória, uma refração que não existe fora dela em condições atmosféricas normais. Se uma modelo, em baixo da água, tem uma dificuldade em fazer uma pose pedida pelo fotógrafo, pode-se imaginar a dificuldade com duas ou mais modelos. Orientações fora da água para a pose em baixo da água. As posições do corpo, das mãos, da cabeça, dos olhos, o comportamento dos tecidos, tudo isso é meticulosamente conversado e ensaiado.

Além da bela iluminação com auxílio de um flash eletrônico, a posição das modelos e o enquadramento, o artista teve a sensibilidade de ver que em algumas fotos o enquadramento invertido funcionava melhor. Para estas fotos foi usada uma câmera Sony RX100-Z compacta com um sensor maior e um flash aquático.

Cesar, além de programadas viagens, tem um trabalho em andamento que deu o título de “Bailarinas Urbanas”. E outros mais na cabeça. Neste ano ainda, a partir de uma ideia que teve, deveremos fazer um trabalho em conjunto. Falei de uma ideia que tive ele encampou-a e a faremos, também, a quatro mãos. E, para mim, será um prazer trabalhar com o simpático e criativo artista.

 

 

(1)_DSC03930-Edit

 

 

(2)_DSC1250-Edit

 

 

(3)_DSC1500

 

 

(4)_DSC03920-Edit

 

 

(5)_DSC03985

 

 

(6)_DSC0935-Editar

 

 

(6)_DSC04154-Editar

 

 

(8)_DSC0836-Editar

 

 

(9)_DSC04409-Edit

 

 

(10)_DSC1624-Editar-2

 

 

(11)_DSC04065-Edit

Leia mais

2 comentários

Deixe uma resposta