Frases. Ed. 173

“Nunca o Estado brasileiro esteve tão longe da sociedade.”

Arnaldo Jabor, jornalista.

 

“Com a publicação da ‘janela’ os deputados governistas do PMDB PR podem escolher a retirada digna ou a expulsão posterior e degradante.”

Requião aos infiéis do PMDB.

 

“Os negros deviam é ficar felizes, porque assim não precisam ir  para aquela merda.”

Tim Burton, cineasta, sobre a falta de indicações de negros para o Oscar.

 

“As pessoas têm um Bolsonaro dentro de si que querem satisfazer vendo a TV.”

Marcelo Adnet, humorista, definindo o telespectador brasileiro.

 

“Nenhum outro político e nenhum outro partido fizeram, de forma igual ou de maior alcance, a promoção do bem comum como Lula e seu governo o fizeram.”

Gleisi Hoffmann, senadora, do PT.

 

“Sem falsa modéstia, R$ 120 mil [por mês] é irrisório.”

José Dirceu, ex-ministro, ao explicar ao juiz Sérgio Moro os valores cobrados por ele para prestar consultoria a empresas investigadas na Operação Lava Jato.

 

“Só faltava o zika vírus para completar o panorama de inflação altíssima, desemprego, queda de vendas e o fato de uma das maiores recessões da história do país.”

Valdir Rossoni, deputado federal do PSDB.

 

“A reputação de pessoas sérias não pode ficar refém de interesses inconfessos.”

Senador Aécio Neves, que teve  o nome citado na Operação Lava Jato.

 

“A notoriedade que hoje dão às decisões de um juiz medíocre de primeira instância em Curitiba e sua turma de policiais e procuradores tucanos é parte deste espetáculo grotesco, onde a imprensa de direita é, mais uma vez, a protagonista.”

Jorge Furtado, diretor de TV, da militância petista.

 

“Estou vinculado aos fatos, às provas e à lei. E é isso que vou fazer nos meus processos, seja para absolver o inocente ou condenar o culpado. Eu me disponho ir até o final dos meus casos, mas estes casos envolvendo graves crimes de corrupção envolvendo figuras públicas poderosas só podem ir adiante se contarem com o apoio da opinião pública e da sociedade civil organizada. E este é o papel dos senhores.”

Sérgio Moro, juiz federal responsável pela Lava Jato.

Deixe uma resposta