Cinema. Ed. 176

capa-cinema-176

Taxi Driver (1976)

taxi-capa1

O ex-fuzileiro veterano do Vietnã Travis Bickle, interpretado por Robert De Niro, volta para Nova York em busca de um recomeço para sua vida. Nessa busca por sentidos, ele se relaciona com Betsy (Cybill Sheperd) e Iris (Jodie Foster), uma prostituta de apenas 12 anos. Essa situação acaba revoltando o protagonista, que passa a demonstrar-se sempre explosivo e com raiva. Nas suas relações interpessoais e na sua vida privada, há uma constante degradação que por todo o filme rodeia o protagonista, sendo esse um símbolo do realismo que fez o sucesso do filme.
Taxi Driver, dirigido por Martin Scorsese, é regularmente citado por críticos, diretores de cinema e público em geral como um dos maiores filmes do cinema dos Estados Unidos. Foi nomeado a quatro categorias do Oscar, incluindo “Melhor Filme” e ganhou a Palma de Ouro no Festival de Cannes de 1976.

Amour (2012)

amour

Amour, que não poderia ter outro nome, de Michael Haneke, conta a história de um casal de idosos interpretado por Jean-Louis Trintgnant e Emmanuelle Riva. Ganhador do Oscar de “Melhor Filme Estrangeiro” e da Palma de Ouro no Festival de Cannes em 2012, a história dramática e singela de Anne e Georges conta um pouco da velhice e de um companheirismo da vida a dois.
Após o derrame e a paralisação de um lado do corpo, Anne tenta viver normalmente e encontra diversas dificuldades. Georges vai ajudá-la até o fim. Um fim que não chega, uma presença e união que permanecem e que se eternizam. Um Amour para sempre.

O curioso caso de Benjamin Button (2008)

b-button-capa

A história sensível e dramática de Benjamin Button, interpretado por Brad Pitt, passa da curiosidade à poesia conforme confrontada e observada. Benjamin nasce em 1918 com uma aparência envelhecida e adoecida, deixando todos esperando por sua morte. Criado num lar de idosos, Button passa a desenvolver-se de uma forma estranha a seus companheiros: ele vai ficando mais novo ao longo dos anos. Em meio a sua confusão particular, apaixona-se por Daisy Fuller (Cate Blachett) e apesar da sua evidente fatalidade enrola-se numa espera da união dos dois ao mesmo tempo em que busca constantemente o autoconhecimento.
O filme, dirigido por David Fincher e escrito por Eric Roth, foi lançado em 25 de dezembro de 2008, nos Estados Unidos. Recebeu 13 nomeações ao Oscar, incluindo “Melhor Filme”, “Melhor Diretor” (David Fincher) e “Melhor Ator” (Brad Pitt).

Por uns dólares a mais (1965)

por-uns-dolares-capa

"Os olhos dele fazem buracos na tela”. Assim Sergio Leone definiu Lee Van Cleef, que interpreta o Coronel Douglas Mortimer. Depois de tentar Henry Fonda no papel (que recusou pela ainda relativa obscuridade do diretor. Os dois trabalhariam juntos mais tarde, em 1968, na obra-prima Era uma Vez no Oeste), Van Cleef foi um achado. Era um ator de participações discretas e quase insignificantes. Mas aqui e em Três homens em conflito fez sua história no western.
Mortimer é um caçador de recompensas e chega à cidade de El Paso na esperança de capturar El Índio (Gian Maria Volonté), um conhecido bandido com carimbo de dez mil dólares na testa, que planeja um assalto ao banco local. No entanto, Monco (Clint Eastwood) se hospeda no hotel em frente ao do Coronel, também em busca das cabeças de El Indio e seu bando.

Leia mais

Deixe uma resposta