Reflexos de Mariana Canet

Mariana Canet, além do talento, carrega junto a sua pessoa energia e inquietação. Formada em Administração, foi trabalhar numa empresa de sua família. Lidou com marketing, relacionamento com clientes, montou sistemas de informática. Mas não era bem aquilo que queria. Descobriu que gostava de ver e, muito mais, de olhar. Primeiro com sua imaginação, depois com a ajuda de um meio de preservar o que gostava de olhar. Decidiu abandonar tudo e viajou, junto com sua colega de classe Nikolle, para o Camboja, Vietnã, Sri Lanka, Laos com o que viria a ser o seu instrumento de trabalho artístico: a câmera fotográfica. Fez uma exposição em Curitiba com o trabalho de nome A Face Fala.

Depois foi para Londres onde se matriculou num curso de fotografia e revelação. Aprendeu as técnicas fotográficas e, então, seu trabalho começou a ter uma forma, que ela iria aprimorar. A partir dos primeiros registros fotográficos, documentais, sua veia artística aflorou. Para ela o importante é descobrir novas formas, materiais, suportes para a sua criação. Expôs no MON seu trabalho Reflexos, de onde saiu um belo livro. Mariana é mais que uma fotógrafa. É uma artista inquieta que faz de sua arte uma pesquisa constante, minuciosa e tenaz. Recomendo ficar de olho nos seus próximos trabalhos.

Dico Kremer

Mariana_9751_CL

Foto: Dico Kremer

Deixe uma resposta