Cinema. Ed. 177

capa-cinema-177

Cena do filme Nise, O Coração da Loucura (2016)

Nise, O Coração da Loucura (2016)

Nise-O-Coracao-da-Loucura

A psiquiatra brasileira Nise da Silveira ganhou um filme neste ano. Médica renomada e aluna de Carl Jung, Nise foi contra os métodos de sua época e criou no Centro Psiquiátrico Nacional Pedro II, instituição que trabalhava em 1944, a Seção de Terapia Ocupacional. Nela, Nise abriu ateliês de pintura e utilizou da arte como fundamento no tratamento de seus pacientes. A partir disso ficou conhecida e revoluciona a área. No filme, Nise - O Coração da Loucura, o diretor Roberto Berliner explora toda a importância de Nise para a psiquiatria brasileira, evidenciando a eficácia da arte para a busca da calmaria em meio à tormenta dos pensamentos. 

Freud, além da alma (1962)

cover-DVD

Dirigido por John Huston, com trilha sonora de Jerry Goldsmith, Freud, além da alma é uma biografia do pai da psicanálise. Os casos mais célebres de Freud estão presentes e o seu envolvimento com os pacientes é mostrado. A película navega entre Viena e Paris nos anos finais do século XIX. Montgomery Clift teve a responsabilidade de interpretar Freud. O filme ganhou o Oscar de 1963, além do Globo de Ouro e Festival de Berlim no mesmo ano.

Narradores de Javé (2004)

narradores-de-javc3a9-capa

Em nome do progresso a pequena cidade de Javé será inundada pelas águas de uma represa. Abatidos e sem chão, literalmente, seus moradores tentam buscar uma solução para que seu lar não seja destruído. Em meio a isso atentam-se que a história da sua cidade é passada de geração a geração de forma oral, não existindo documento escrito nenhum que mostre a existência do pequeno lugar. Tentando justificar a importância da cidadezinha eles começam a desenvolver um livro escrito por Antônio Biá, o “malandro e intelectuário” da cidade, como o próprio se intitula. Eliane Caffé, diretora do filme, mostra um meio esquecido que será lembrado apenas para sua destruição, ou melhor, para o progresso. Javé é destruída, deixando no ar a beleza da história oral e a inexistência da valorização das culturas locais.

Um Lugar no Mundo (1992)

unlugarenelmundo

O filme de Adolfo Aristarain narra a história de um casal de Buenos Aires que vai viver numa cidade pequena no interior da Argentina. O casal, Ana (Cecilia Roth) e Mario (Federico Luppi), possui um filho de 12 anos, Ernesto (Gaston Batyi). A médica e o professor viram amigo de Hans (José Sacristán), contratado da cidade para a finalização de um trabalho ilegal. A amizade dos três entra em crise e Hans, apesar da desaprovação irá finalizar o trabalho a pedido do prefeito da cidade.

Leia mais

Deixe uma resposta