Gente do bem

V

A eleição pro nosso próximo prefeito está aí, virando a esquina. Nomes não param de circular pelas colunas políticas. Alianças estão sendo costuradas nos bastidores dos palácios. Tempo de televisão sendo moeda de troca. Coligações sendo tramadas. Novos melhores amigos sendo criados instantaneamente.

Vai ser uma eleição diferente. No mínimo será curioso ver como os partidos, candidatos e financiadores vão se comportar nesses tempos em que a Lava Jato tomou conta do país. Melhor assim.

E junto com tudo isso, escolheremos a nossa nova Câmara dos Vereadores. Não menos importante, mas bem menos badalada, essa eleição é tão prioritária quanto à majoritária, afinal, serão esses vereadores que terão o papel e o poder de supervisionar o que se passa no gabinete do prefeito.

Ninguém dá muita bola pra essa votação e por causa disso, temos um histórico de personagens extremamente mal capacitados e mal preparados para função tão importante. Parece que basta um jargão que grude na cabeça e os votos cairão nas urnas. Gente bizarra, infelizmente.

E depois, fica todo mundo reclamando que elegemos sempre os mesmos, sempre gente com ambições e motivações duvidosas, gente que usa esse cargo como trampolim para voos maiores na política. Poucas vezes vemos gente com identidade com a cidade, gente com propostas realmente novas, gente pensando em mudar se candidatando, quanto mais ganhando.

Então conclamo, vamos renovar de verdade nossa casa de leis. Vamos arejar esse lugar, vamos melhorar nossas bancadas, vamos tentar votar em gente mais gabaritada, gente que conheça mais a cidade. Vamos tentar trazer gente nova, gente com projetos, gente do bem!

Quem sabe assim, acabamos com os vícios, as verbas desviadas, as leis em benefício de minorias, os projetos inúteis, as leis mal pensadas, a cidade sem futuro.
Seja de que partido você for, seja pra que time você torça, exija nomes melhores e mais preparados na legenda da sua agremiação. Vamos prestar mais atenção em quem ocupa as cobiçadas cadeiras e as poderosas canetas que podem ser a diferença entre uma cidade que evolui ou uma turma que se dá bem.

Leia mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *