Nelson

susana

Depois fiquei sabendo que quando você entrou no trem, chorou tanto que uma mulher veio lhe perguntar se estava passando mal. Eu subi no avião tão arrasada que sabia da estreia do pior momento da minha vida.

A despedida não aconteceu apenas no momento do adeus, se prolonga a cada dia. É presença constante nas linhas das mãos, no sotaque do garçom, no vestido lilás. É faca que corta os detalhes.

Meu futuro ficou suspenso, Nelson. Passei a viver a dor de não estar mais com você. Pena de mim mesma. E de você também, aí na outra ponta desse cruel oceano.

A última vez que fizemos amor foi também a melhor. Você estava tão entregue que se tivesse a certeza que essa rendição se estenderia por toda nossa vida, largaria Paris, o trabalho e me jogaria nessa história sem fim.

Continuo com o anel no dedo e com ele seguirei até o último dia, Nelson, ou o último dia da minha vida ou último dia do meu amor por você, o que acontecer.

Quantos casais gastaram o amor às últimas consequências? Brigas, infidelidades, monotonia. Nós tivemos a curiosa decisão de driblar o destino, de sermos donos de nossas escolhas, de determinarmos sobre o futuro. Será que é certo rasgar a felicidade no meio da febre da paixão, Nelson? Sei que discutimos e decidimos, mas isso não acalma o coração, não sossega o corpo e não apaga o passado, que vive no presente.

Guardei todas as lembranças daquela viagem dentro de um baú de madeira que tenho no quarto, mas não consegui fechá-lo. Todos os dias reviro-o e aperto nas mãos as entradas do museu, aquele papel do chocolate japonês, o seu lenço azul, os bilhetes do metrô.

Você acha que é exagero, Nelson? Vivemos o sonho de uma semana juntos e eu não consigo esquecê-lo. Amo cada pedaço seu. Durmo procurando o seu corpo na cama, cada esquina que viro imagino te ver, quando toca o telefone penso que é você.

Combinamos o término, sem contatos ou esperanças. Caso solucionado no auge do amor. Mas ainda estou aqui sozinha, apaixonada. Por isso lanço a garrafa ao mar, com essa última mensagem. Eu acho que não conseguirei viver sem você, venha.

Leia mais

Deixe uma resposta