O estresse e as nossas células

edmilson

A evolução trouxe diversos mecanismos de sobrevivência ao homem. Mecanismos sem os quais a raça humana não teria conseguido chegar até os dias de hoje. Vamos falar sobre dois deles que ocorrem em nível celular, crescimento e proteção.

Um grupo de cientistas quando tentava clonar células endoteliais humanas em um laboratório, observou que elas se afastam das toxinas que eram introduzidas no seu ambiente, assim como pessoas fogem do perigo. Observaram também, que se moviam em direção aos nutrientes assim como buscamos nossas refeições. Esses dois movimentos opostos definem as duas reações celulares aos estímulos ambientais, crescimento e proteção. A primeira é ir em direção a um sinal que promove a continuidade da vida, como a busca por nutrientes, caracterizando uma resposta de crescimento. A segunda é mover-se em direção oposta a um sinal ameaçador, como as toxinas.

Todas as vezes que nossas células são ameaçadas por qualquer situação de perigo, imediatamente é interrompido o processo de crescimento, pois toda a energia naquele momento está sendo direcionada para a reação de luta ou fuga (reação ao estresse).

Assim sendo, concluíram esses cientistas, a redistribuição das reservas de energia para a reação de proteção invariavelmente resulta na redução do crescimento como consequência. Situações que envolvam reações prolongadas de proteção inibem a produção de energia que mantém a vida. Quanto mais um organismo permanecer neste estado, mais comprometido se torna seu nível de energia. Na verdade, uma situação de estresse intenso pode paralisar totalmente o processo de crescimento.

Por sorte não chegamos a esse ponto com tanta facilidade. Podemos sobreviver sob diversas situações de estresse diárias sem grandes consequências, mas uma inibição crônica do mecanismo de crescimento pode comprometer severamente nossa vitalidade. Também é importante dizer que vivenciar a vitalidade plena é mais que simplesmente eliminar os fatores de estresse na sequência contínua de crescimento e proteção, eliminar os fatores de estresse somente nos coloca em um ponto neutro de processo.

Para estar bem de verdade, precisamos não apenas eliminar os fatores estressantes, mas também vivenciar momentos intensos de alegria, amor, satisfação que estimulem nosso processo de crescimento.

Leia mais

Deixe uma resposta