Leon, o prodigioso

gf_leon

Leon Knopfholz tem a vida tatuada no pulso. A tatoo em hebraico está no pulso esquerdo para lembrar sua origem. Esse é um cara cheio de formação, informação e criação.

Administrador de empresas com pós-graduação em Marketing na Universidade Pace de Nova York. E MBA em Gestão Empresarial na Getúlio Vargas. Sai das planilhas e vai para a arte num estralar de dedos. Música, letra, melodia, vocal, guitarra, baixo e piano. Escritor com três livros lançados. Um conto que virou filme e vai para a telona. Uma banda de rock’n’roll com CD e videoclipes que circulam pela rede. A banda Leon & The Knopz está na área desde 2013 e é um sucesso. Vale a pena ficar de olho na agenda de shows.

Leon é diretor de marketing da empresa K1, detentora da marca Ika. Sim! As malas são ótimas e só resta concordar com o slogan: liberdade em movimento.

“Sou movido pelo amor à vida”, diz Leon. E dá para perceber o quanto gosta de viver. Não está a passeio e tem muito foco em tudo que faz.

Na telona – “O Despertar de Solomon”. O conto do filme está publicado no premiado livro “Confissões Silentes”. Ao fazer sua adaptação para o cinema, em média-metragem, Knopfholz se inspirou também na escrita do prêmio Nobel de Literatura Isaac Bashevis Singer, cuja obra aborda questões universais em contexto judaico, em situações que se passaram na Polônia no final do século 19 e começo do 20. Knopfholz adaptou o estilo para a Curitiba contemporânea, mas desenvolveu um estilo próprio, demonstrando uma rara habilidade de cronista.

O Centro Israelita do Paraná e a B’nai B’rith promovem a avant-première do filme “O Despertar de Solomon” no dia 10 de março, às 20h30, em Curitiba.

O filme será apresentado no Centro Israelita do Paraná, que fica na Rua Agostinho de Macedo, 248 – Bom Retiro. O ingresso para o filme será a doação de leite em pó e/ou fraldas infantis, em prol do Hospital Pequeno Príncipe.

Após a projeção, haverá um debate com a plateia, que terá a participação do ator Luciano Szafir, do autor Leon Knopfholz e também do produtor do filme, Marcos Cordioli. Participa também da avant-première o presidente nacional da B’nai B’rith, Abraham Goldstein.

Leia mais

Deixe uma resposta