Isabela França, seu prenome a define

gf_isabela

Isabela tem a beleza e a elegância das mulheres luminosas. Alia a beleza física à inteligência, a simpatia ao talento, a alegria à sensibilidade, o profissionalismo à aventura. Sua boca e seus olhos sorriem como deveriam sorrir os das vestais nos templos da deusa Vesta, na velha Roma dos Césares.

Como naquele mundo intermediário dos deuses do Olimpo grego, mistura de deuses, semideuses e fraquezas humanas, demasiado humanas, seu receio é sofrer a tenaz perseguição dos faunos e sátiros de todas as cataduras.

Formada em Direito e Jornalismo, Isabela sempre trabalhou nas áreas de jornalismo e comunicação. Passou pela sucursal do Estadão em Curitiba e logo depois foi para São Paulo e, aos 18 anos, integrou a segunda turma de focas do grande jornal. Na Wright State University, no estado de Ohio, nos Estados Unidos, completou o curso de extensão universitária em língua inglesa. Em seu escritório, Isabela França Comunicação, junto com a sua equipe, desenvolve trabalhos de comunicação e assessoria para vários clientes e empresas, incluindo programas culturais e beneficentes.

Quando a conheceu, seu marido Nemo se lembrou de uns versos de John Keats: “Oh! Isabela, I can half perceive/That I may speak my grief into thine ear/ If thou didst ever any thing believe/Believe how I love thee, believe how near/My soul is to its doom (…). O casal tem dois filhos adolescentes que, ao que tudo indica, herdarão os múltiplos talentos de seus pais.

Isabela gosta muito de viajar, esquiar nos Alpes, beber os vinhos de Bordeaux e do Douro, assistir a óperas no Teatro Colón, em Buenos Aires, e no Scala de Milão, comer em bons restaurantes e cozinhar para a família e os amigos. Lê muito. Fã de música, vai a concertos e eventos culturais. Nos seus 20 anos de atuação profissional, sua competência, seu sorriso e sua simpatia conquistaram todos os que a conhecem.

 

Texto e foto: Dico Kremer

Leia mais

Deixe uma resposta