os pequenos gestos

Vem à tona os pequenos gestos de quando era criança

gestos vindos de uma memória que não achava mais existir

ou não cabia

ou era oculto

ou virou silêncio

 

Gestos que me diziam tudo, que me traziam afago

gesto da delicadeza

da confiança

da verdade

do olhar além

do saber-se ali, naquele tempo, naquela hora

 

Um momento

um movimento

uma trilha

 

Tudo por inteiro

como um mergulho dentro de uma onda enorme

a força, a braveza

a calma de estar em mim

Deixe uma resposta