Rogério

susana

Mais de dez anos passaram desde a última vez que você desabotoou meu vestido. Eu ainda sinto os mesmos arrepios, iguais tremores, respiração trôpega. Estou convencida de que isso nunca vai passar. Ontem, enquanto atravessava aquela rua em frente ao passeio perto da casa onde tantas vezes sentimos o calor do corpo, lembrei que quase todos os dias nos jurávamos […]

Continue lendo »

A cinza que sou

jessica

Cansada. Essa era palavra. Não era banal, era extremo. Perverso e violento. Não me aguentava em pé. Ele estava moído na sandália. O vestido apertado, desenhando minha silhueta, só de fora causava beleza. Todas as noites eu via meu corpo com marcas confusas, como o mapa da periferia. Cinta para afinar, sutiã para levantar, máscara para continuar. Minhas costas não […]

Continue lendo »

David Carneiro também exibidor

jensen

David Antônio da Silva Carneiro (Curitiba 1904 – 1990) foi historiador, escritor, ensaísta, pesquisador, museólogo, colecionador e professor universitário. Um lado pouco mencionado era o de um cinéfilo apaixonado e empresário cinematográfico. O que motivou sua entrada neste segmento foi a construção de um “arranha-céu” de seis andares, como eram chamados os edifícios na segunda metade dos anos 30, quase […]

Continue lendo »

Vai de que?

ilana

Estive recentemente na Alemanha, em duas cidades pequenas, Bonn e Koblenz. Em uma semana de viagem usei mais modais de transporte do que em anos no Brasil. Além do avião, obviamente, andei de trem, de bonde, de taxi, de metrô. Não andei de barco, mas tinha essa opção. Não andei de bicicleta porque não sei, mas isso é tema de […]

Continue lendo »

Lendas urbanas

fabio

Nesta época de Lava Jato e redes sociais, as lendas urbanas se multiplicam. Mentes de imaginação prodigiosa fazem correr boatos sensacionalistas que ocupam boa parte das conversas no ambiente político. Algumas são antigas, adaptadas aos dias de hoje. É o caso, por exemplo, da história de um vereador flagrado no banheiro da Câmara a examinar a arma do vizinho, com […]

Continue lendo »

Aos politicamente incorretos

dedallo

Vocês que dizem que vivemos em tempos politicamente corretos certamente seriam escravocratas em outrora, seriam de qualquer realeza absolutista, seriam os suseranos do sistema feudal, seriam os homens de Atenas. Infelizmente vocês não são, vocês são apenas uns ignorantes que urram contra quem, aos poucos, depois de muita luta perdida, conquista um espaço num ambiente de homens atenienses, suseranos, absolutistas […]

Continue lendo »
1 2 3 50