O som do piano é líquido – Espelho retrovisor – Devaneios noturnos da mulher de um pianista

cronicas_ieda0_abre

O som do piano é líquido O som do piano é líquido. Cada nota, uma gota, uma lágrima, uma navalhada. O pianista se corta enquanto toca. O pianista é metade suicida, outra metade assassino. Ele chora. Não tem como ser diferente, senão não seria pianista. O piano tem som de chuva, tem gosto de chuva, de garoa às terças-feiras no […]

Continue lendo »

Waltel Branco

waltel_abre

  Waltel Branco é nome insuperável. É desses pra quem a gente desfila adjetivos sem capacidade de descrever o florir de sua música, lugar em que o extraordinário se torna frequente. Na sua arte viajamos até a outra margem da realidade, vamos parar lá na outra fronteira, um pé no inacreditável, na contemplação do infinito, nas mais profundas razões que […]

Continue lendo »

Reinações de Clementina no país dos lambrequins

cronica_herminio_abre

     Nasceu em 1935 o compositor, poeta, produtor musical e agitador cultural Hermínio Bello de Carvalho. Hermínio lançou mais de 20 livros de poesias e crônicas e entre suas produções em discos de sucesso estão os de Cartola, Nelson Cavaquinho, Pixinguinha, Carlos Cachaça e Elizeth Cardoso. Em 1965, ficou conhecido como o apresentador de Clementina de Jesus ao público […]

Continue lendo »

Franz Kafka ou Uma agonia sem êxtase

simoes

1 Como escrever um romance, um grande romance, capaz de resistir ao influxo corrosivo do tempo? Como concebê-lo, nas suas coordenadas estruturais, nos seus parâmetros definidores? Como arquitetá-lo, no tempo e no espaço, injetando-lhe sangue, impregnando-o de nervos, infundindo-lhe vida autêntica? Para isso – não é necessário que saias de casa. Fica à tua mesa e conta. Não contes, sequer […]

Continue lendo »

Adriana Sydor em francês

adriana_frances_abre

A escritora Adriana Sydor já pode ser lida em terras francesas. A revista literária “La Cause Littéraire” publicou recentemente o capítulo “Avareza”, presente no último livro da autora curitibana, “Sete confissões capitais e outros pecados”, com tradução de Stéphane Chao. “La Cause Littéraire” e a Travessa dos Editores já estão acordando a publicação dos outros capítulos do livro, cuja abordagem […]

Continue lendo »

Revisitando a poesia de Tasso da Silveira, cem anos depois

simoes_abre

  Há precisamente cem anos – 1918 –, o grande poeta curitibano Tasso da Silveira (1895-1968) tinha oportunidade de publicar o seu primeiro livro, Fio d’água. Penso que a efeméride constitui um bom pretexto para uma revisitação breve da opera omnia poética do notável polígrafo paranaense. Poeta, crítico, ensaísta, professor, conferencista, historiador da literatura, teatrólogo, romancista. Tasso da Silveira foi […]

Continue lendo »

Com os Malucelli na memória – uma viagem

cronica_abre

Luiz Alfredo Malucelli, o Malu, jornalista, radialista, cronista, homem de propaganda, chef de cozinha talentoso, publicou um único livro, “Casos do Malu ‒ histórias, receitas e muitas risadas”, mas deixou crônicas esparsas nos jornais locais e uma, antológica, que republicamos neste número de Ideias. Nascido em Morretes, no litoral, em 20 de abril de 1934, Malu se mudou cedo para […]

Continue lendo »
1 2 3 16