O mais belo texto do mundo

simoes 0 abre

No final dos anos noventa, um conceituado crítico e ensaísta francês, Jean-Pierre Thibaudat, tinha oportunidade de publicar no hebdomadário francês “Liberation”, um interessantíssimo artigo. Qual o título? “Le plus beau texte du monde”. Dele me apropriei, aliás, devidamente traduzido para o vernáculo, para intitular o escrito fluente. A que texto – e autor – estaria se referindo o escritor francês? […]

Continue lendo »

O indomável jornalismo da América Latina

01-2

“Ir contra a corrente. Fazer jornalismo de fôlego ainda que por ele, nos nossos primeiros anos, os grandes guias do jornalismo na internet nos previram uma morte breve precedida por pulsantes estertores. Num sentido mais literal, esses mesmos desejos foram expressados também por pessoas a quem incomodamos”. Esta frase, da equipe do salvadorenho El Faro, sintetiza o pensamento do ofício […]

Continue lendo »

Quadra gastronômica

arena

É unanimidade: curitibanos acham a cidade limitada. São os mesmos restaurantes, os mesmos bares, as mesmas pessoas. Faltam variedades. Mas, nos últimos anos, a cidade vem mudando, ganhando opções, consolidando-se como polo gastronômico. Já é a cidade brasileira com maior número de marcas de cervejas artesanais. Nesta levada, de mudança e crescimento, é que surge a Quadra Gastrô. Implantada no […]

Continue lendo »

O maldito gosto do sabão

polz-179

“Seu livro é ruim”. “Seu livro tem defeitos”. Imagino como deve ser desagradável para um escritor ouvir esse tipo de coisa. Sobretudo numa época em que autor e obra tanto se confundem, fazendo da literatura (e de outras expressões artísticas) tão-somente uma expressão do eu infantil, isto é, do narcisismo. Conheço o contista Márcio Renato dos Santos de outras épocas, […]

Continue lendo »

Para desespero do neófobo

paulo-177

Sou inegavelmente um neófobo. Não me orgulho disso. Aprendi a ser assim depois de inúmeras decepções com jovens gênios, promessas, supostos virtuoses das letras e coisas afins. É uma pena, eu sei. Provavelmente ando perdendo a oportunidade de ler muitas coisas boas. Neófobo que sou, pois, foi com aquele olhar meio constrangido que recebi toda prosa (assim, em minúsculas mesmo), […]

Continue lendo »
1 2 3 9