Lado A

A discoteca da Rádio e-Paraná, um ano após seu tombamento   O vinil tem seu charme para muitos, dizem que a qualidade do som é melhor, não é tão comprimido quanto um arquivo digital ou CD e, sobretudo, tem o ritual: tirar o vinil do encarte, ler o encarte, colocar o bolachão no toca-discos e acertar a agulha na faixa […]

Continue lendo »

Cinema. Ed. 156 – Kubrick da fotografia ao cinema

Em junho de 2012, assisti  a uma exposição do Stanley Kubrick, craque do cinema que dispensa qualquer apresentação, no Museu de Belas Artes de Bruxelas. Naturalmente, entrei a achar que encontraria tudo sobre sua vida e sobre sua vida como cineasta, em partes acertei. Vários textos contavam sua trajetória pessoal, obviamente a mesclar com seus filmes, porém o protagonista não […]

Continue lendo »

O caminho para a independência

Independência ou Morte, do pintor paraibano Pedro Américo Há 192 anos ouviu-se o grito que ecoou pelos livros didáticos de história, bradava em alto e bom som o nosso futuro imperador Pedro, “independência ou morte”, heroico, porém não exclusivo. Romenos em 1876 gritavam o mesmo para sair da saia do Reino da Hungria, “’Viaţă-n libertate ori moarte!’ strigă toţi”. E […]

Continue lendo »

Não aceitamos dinheiro

A partir de 1º de agosto, 62 linhas de ônibus aceitarão somente o cartão-transporte   A história do transporte público de Curitiba é de longa data. Pelo menos desde 1955, quando foi determinada, por intermédio do Decreto 503/55, a concessão para 13 empresas operarem a locomoção dos curitibanos. À época a cidade contava com 50 ônibus e 80 lotações. De […]

Continue lendo »

O limitado universo universitário

Talvez hoje menos do que antes, mas ainda assim há aqueles professores marxistas que pregam como Silas Mafaia: “creiam em Marx e não caiam na tentação capitalista”. Vestem o cabresto nos alunos e os conduzem ao caminho da verdade e contra a dominação capitalista. A Universidade não forma, cá no Brasil pelo menos, cabeças universais, cosmopolitas, abertas ao novo. As […]

Continue lendo »

Prateleira. Ed. 154

Cena do documentário “Uma noite em 67” Cerejeiras em florDico Kremer O filme é alemão, dirigido por Doris Dörrie. O título é duplo: Hanami, Kirschblüten. Hanami, palavra japonesa, consiste de dois kanjis: o primeiro, hana, é flor e o segundo, mi, é do verbo miru, ver. Ver as cerejeiras em flor. Die Kirschblüte, plural em n, flor das cerejeiras, florescência. […]

Continue lendo »

Superamos 1950

A mais vexatória derrota do Brasil tem um nome: Luiz Felipe Scolari   Finalmente superamos 1950. A humilhante derrota por 7 a 1 no dia 8 de julho de 2014 foi o maior revés da história do futebol brasileiro, só levamos mais gols num amistoso em 1934 contra a antiga Iugoslávia, na ocasião assinalamos pelo menos quatro. Em 1920, o […]

Continue lendo »
1 5 6 7 8 9