Editorial. Ed. 143

O País foi surpreendido em julho pelos protestos de rua que continuam em cidades como São Paulo e Rio, mas agora como expressão de violência que pouco tem a ver com a reivindicação de melhoria nos serviços públicos e decência no comportamento de governantes. Lástima. Os ataques a prédios públicos, as depredações que geram um custo a mais para o […]

Continue lendo »

Ragnhild

Ragnhild Borgomanero é a fantástica mulher que assume agora a direção cultural da Sociedade Giuseppe Garibaldi. Escolha felicíssima. Ragnhild faz parte de restrito grupo de pessoas de extensa cultura e com uma ligação profunda com a Itália. Foi mulher de Guido Borgomanero, o diplomata italiano que serviu durante muitos anos em Curitiba e deixou marcas na cidade. Ragnhild preserva uma […]

Continue lendo »

Santa ignorância

Ah, a santa ignorância. Uma das origens dos males de nosso tempo é a meia cultura dos demiurgos. Uma rápida olhada na internet é suficiente para avaliar a que ponto chegamos. Um distinto cavalheiro postou em sua página a sua grande admiração por Isaac Newton. Se disse maravilhado com a descoberta da lei da gravidade que teria resultado da queda […]

Continue lendo »

Janelas do Dico Kremer

Em abril, nosso diretor de fotografia, Dico Kremer, baixou hospital. Isso o impediu de preparar o ensaio do mês, quando ele escolhe um trabalho significativo de fotógrafos desta e de outras áreas do planeta. Mas Dico Kremer não nos faltará neste número. Ao contrário, aproveitamos para publicar as imagens deste ensaio antológico. São fotos que Dico Kremer tirou em Lisboa, […]

Continue lendo »

Acabou

Acabou. O ciclo marcado pela hegemonia de Roberto Requião de Mello e Silva na política paranaense chegou ao fim. Ele ainda respira. O mandato de senador conquistado com dificuldades lhe dá uma sobrevida como ator coadjuvante de pouca importância e nenhuma credibilidade entre os bípedes providos de neurônios nesta área do planeta. Com Requião, se encerra também o ciclo de […]

Continue lendo »

A chance da modernidade

O Paraná tem chances de sair da experiência de governo populista e autoritário com súbita habilitação à contemporaneidade do mundo. Enfim, na eleição de outubro poderemos abrir, nós todos e cada um, uma porta decisiva. Nunca esteve tão claro o quadro da disputa do poder estadual. Vivemos o fim de um ciclo que insiste em se alongar. Não é sem […]

Continue lendo »
1 14 15 16 17