Condições de exibição para filmes especiais

jensen 1

Alguns filmes vinham com recomendações ou exigências contratuais das distribuidoras. “Fantasia”, a pretensiosa obra de Walt Disney, de 1940, com a Philadelphia Orchestra, regida por Leopold Stokowski, provocou o temor de que não seria exibido por aqui, pois o sistema sonoro criado para o filme, o “Fantasound”, era caro e complicado, instalado em poucos cinemas americanos. Nas demais cidades do […]

Continue lendo »

Os cinejornais

canal-100-capa

Antes do advento da televisão, um público curioso para assistir a cenas políticas, sociais ou esportivas, de que só tinha lido, visto fotos ou ouvido no rádio, fez surgir o complemento nacional como parte inicial das sessões cinematográficas. Obrigatório a partir do Estado Novo de Getúlio nos anos 40, estendeu-se até o início dos anos 80, produzidos semanalmente. A lei […]

Continue lendo »

Emoções perdidas

cinema-179-jensen

Antigamente se usava a expressão “silver screen”, ou seja, tela prateada, para filmes em preto e branco, que vinham com emulsão ou banho de prata, melhorando muito o contraste e o brilho, que não eram comuns a todas as cópias, bem mais caras. Segundo os antigos, a projeção ficava maravilhosa, mas o tamanho das telas, hoje, é uma fração do […]

Continue lendo »

Cinema. Ed. 178

capa-cinema-178

Olympia (1938José Augusto Jensen Documentário épico sobre a 11ª Olimpíada da era moderna, de 1936, em Berlin. Concebido e editado por Leni Riefenstahl, a cineasta de Hitler, é considerado o mais comovente registro cinematográfico sobre o esporte e a competição física já produzido. Mais de 30 câmeras foram usadas, 400.000 metros de filme rodados, que somaram 250 horas. Seis meses […]

Continue lendo »

As distribuidoras cinematográficas

capa-jensen-177

Perto da Cinelândia curitibana, no início da rua Des. Ermelino de Leão, principalmente, situavam-se quase todas as filiais dos grandes estúdios que faziam a distribuição de seus filmes por estas bandas. Metro-Goldwin-Mayer, Columbia, Fox, Paramount, a Art Filmes, que aglomerava produções europeias, principalmente francesas, alemãs e italianas, a Rank inglesa, e outras. Atendiam todo o Paraná e Santa Catarina. Eram […]

Continue lendo »

Poeiras

capa-cinema-jensen-176

No coração da cinelândia curitibana, existiram dois cinemas populares, que faziam a alegria da gurizada nos anos 1930 e 1940, nas matinês de finais de semana, com seriados, “faroestes”, e toda sorte de filmes chamados “B”: o cine Broadway, na esquina da travessa Oliveira Belo com a Quinze de Novembro, e o Cine Odeon, onde hoje é a Galeria Tijucas. […]

Continue lendo »

O cinema no cinema

capa-cinema-jensen

“Cinema Paradiso”, escrito e dirigido por Guiuseppe Tornatore, de 1988, com Philippe Noiret, bela trilha de Ennio Morricone, é uma magnífica declaração de amor ao cinema, à infância e aos antigos trabalhadores da sétima arte. Principais prêmios: Oscar e Globo de Ouro de filme estrangeiro, grande prêmio do júri do festival de Cannes, British Academy Awards, de melhor filme estrangeiro, […]

Continue lendo »

Na nuvem

IMG_0156

Com uma smart TV, ligada a um bom sinal de internet e um cartão de crédito, podemos assistir concertos ao vivo com a Berliner Philharmoniker ou acessar seu arquivo de vídeos com documentários e concertos. Ou acessar o Metropolitan Opera, de New York. Para filmes, documentários, musicais, séries, entre tantas temos a Netflix, que se consolidou no Brasil ano passado. […]

Continue lendo »
1 2 3