A segunda pele de Bernadete Amorim

marianna0abre

Bernadete Amorim veste a arte em seu sentido mais orgânico e subjetivo. Ela a usa como segunda pele, costura, tece, pinta, tinge, cola, atribui a ela outro significado, outro corpo, redimensiona, questiona. “O tecido é matéria poética que me permite estruturar ações, que lidam com questões do peso, do volume, da gravidade.” As suas obras têm texturas variadas que instigam […]

Continue lendo »

Marianna Camargo

marianna

longe um dia miragem paisagem o céu estrelado foi por pouco por um triz como canta o Chico diz se é perigoso a gente ser feliz pela vida que segue pela alma que cansa pelos olhos que não abrem pela palavra não dita pelo cigarro tragado pela madrugada insone pelo veneno tomado por uma estrada sem fim acaba como um […]

Continue lendo »

Os céus de Corina Ferraz

marianna

Ritmo, canção, cor, delicadeza. Assim é Corina Ferraz e sua obra. A artista, que estudou em colégios internos, trouxe a liturgia, o latim e o canto para sua vida. Transformou seu trabalho em poesia, a cor em imaginação. Corina vê a vida quando olha para o céu. Artista: compositora, pintora, cancioneira, poeta. Nas suas mais variadas formas, tem o que […]

Continue lendo »

O viés oblíquo de Carina Weidle

marianna

Carina Weidle cria no viés do erro, da imperfeição, do estranhamento. O ruído e o desconcerto provocam o questionamento, a reflexão, a ideia. Carina faz pensar. De modo oblíquo, profundo e crítico. A artista transpassa as zonas cômodas, as áreas escassas, inventa um silêncio. Revela, sobrepõe, dilata. Como diz o escritor italiano Antonio Tabucchi, “a arte tem uma maneira oblíqua […]

Continue lendo »

O jardim de Rubinski

marianna

O alemão Josef Rubinski e a russa Anna Nicolaiewna Beckmann se conheceram durante a Guerra e conseguiram comunicar-se graças à ajuda de uma intérprete. Casaram-se e vieram morar no Brasil, na capital paranaense, Curitiba. História que por si só valeria um capítulo à parte. Dessa união nasce Mario Rubinski, em 1933, e aí começa outra história. Considerado um dos mais […]

Continue lendo »
1 2 3 6