Editorial. Ed. 200

editorial

O Brasil experimentou a sua fragilidade. Assustadora. Uma greve de caminhoneiros bloqueou estradas e incendiou o país. Os efeitos perversos desse movimento se mostraram rapidamente. Desabastecimento rápido, crise de grandes empresas e corporações que pararam de produzir, serviços públicos prejudicados e um desalento profundo na sociedade que não vê luz no fim do túnel e se depara com uma realidade […]

Continue lendo »

Editorial. Ed. 199

editorial

Nada mais tragicômico do que ver os esforços do governo brasileiro para justificar algumas medidas econômicas, como se conseguissem disfarçar que vestem o cobertor curto entre conter a inflação e não deixar o crescimento cair a um ritmo vergonhoso. O resultado para o contribuinte, claro, é o mesmo de sempre: um custo de vida cada vez mais alto, com cada […]

Continue lendo »

Editorial. Ed. 198

editorial

Os políticos correm para tentar garantir um mandato e a sua permanência no jogo político. Nesta hora de leilões e troca-troca, em espetáculo deprimente na janela da infidelidade, vale tudo. O custo é astronômico. E quem paga, mais uma vez, somos nós, os contribuintes. A reforma política não saiu. De importante, aprovou-se apenas o financiamento público das campanhas, o que […]

Continue lendo »

Editorial. Ed. 197

editorial

As eleições deste ano prometem cenas e enredos mais escabrosos do que os das novelas da Globo, onde não faltam ladrões, assassinos, corruptos. Igualzinho ao noticiário político/policial. Em tempo curtíssimo, de enorme desinteresse dos eleitores pela política e pelos políticos, a guerra entre candidatos será de babuínos. Todos tentando enlamear o adversário com seu próprio excremento. Nossa época continua uma […]

Continue lendo »

Editorial. Ed. 195

Este ano que começou com um calor insuportável e um calendário que quase o anula para o trabalho, foi inaugurado em alta voltagem e com sinais muito claros de que a disputa eleitoral vai exigir paciência e engov. Há um angustiado sentimento de desconforto na sociedade brasileira. Os governantes perderam a credibilidade, tantos são os escândalos de corrupção que parecem […]

Continue lendo »

Editorial. Ed. 194

Preparem coração e mente. Quem não tiver estômago forte não se aproxime. A campanha eleitoral já começou. Foi inaugurada em alta voltagem e com sinais muito claros de que a disputa vai descer às cloacas. Os marqueteiros nativos parecem convencidos de que a única forma de encarar o desafio eleitoral é atacar o adversário da forma mais pesada possível. Do […]

Continue lendo »

Editorial. Ed. 193

Se o Brasil fosse uma empresa, estaria a pedir concordata, ou iria à falência. Países não falem, porém, como firmas, sem detrimento de outra falência, que se impõe à constatação dolorosa de quem, ao menos, tiver um olho: a falência das chamadas classes dirigentes, neste pobre país dado ao uso impróprio das palavras, entre outras a palavra classe. Falência geral, […]

Continue lendo »

Editorial. Ed. 192

Ao assumir a Procuradoria-Geral da República, Raquel Dodge declarou que o brasileiro “não tolera corrupção”. Frase de efeito, muito repetida desde a Primeira República. Eu me pergunto: por que então o brasileiro elege pessoas sabidamente corruptas? Por que usa regra teoricamente bem-intencionada para ser desonesto? Por dever de ofício leio pesquisas de opinião. Inclusive as qualitativas. Todas, sem exceção, apontam […]

Continue lendo »
1 2 3 6