Editorial. Ed. 149

Durante uma festa do PT, excitada ao som dos aplausos da claque partidária, a presidente Dilma Rousseff, com seu linguajar e estilo, chamou de caras de pau os críticos de sua política econômica. Ora, pois, a presidente não quer a sua gestão lembrada pelo insucesso, bem representado em seus efeitos pela estagnação industrial, pela inflação elevada e, no último ano, […]

Continue lendo »

Editorial. Ed. 148

Preparem coração e mente. Quem não tiver estômago forte não se aproxime. A campanha eleitoral deste ano da graça de 2014, que começou com um calor insuportável e um calendário que quase o anula para o trabalho, foi inaugurada em alta voltagem e com sinais muito claros de que a disputa vai descer às cloacas. Pudera. O comando da campanha […]

Continue lendo »

Editorial. Ed. 147

A verdade é que precisamos de uma reforma política honesta e decente com urgência. Os males que nos afligem situam-se nos vícios do estado patrimonialista e do sistema de clientela que incha a máquina, nos carrega de impostos, diminui investimentos produtivos e estimula a corrupção. Sou, há muito tempo, um defensor do voto distrital puro, precedido de outras providências óbvias. […]

Continue lendo »

Editorial. Ed. 146

Neste país de coqueiro que dá coco e do mulato inzoneiro, a população prepara-se para a temporada de praia e para o carnaval. Deve estar farta do noticiário político que virou noticiário policial. E vem mais por aí. Além do Mensalão, há cinco casos escandalosos de corrupção, que envolvem diversos partidos, diversos estados e municípios, diversos níveis de poder. 05O […]

Continue lendo »

Editorial. Ed. 145

“É preciso confessar que a liberdade é a mais difícil das provas que podemos propor a um povo. Saber viver em liberdade, eis aí um dom que não foi igualmente distribuído entre todos os homens e todas as Nações. Talvez se possa até classificá-los, homens e nações, segundo sua maior ou menor aptidão para serem livres.” Assim escrevia o francês […]

Continue lendo »

Editorial. Ed. 144

A grande dificuldade que temos é a de perceber o Brasil como ele é. Preferimos, desde sempre, as versões do otimismo retumbante, eivado de um ufanismo que beira o ridículo. A verdade é que o Brasil carece de muita coisa. Não temos sequer um projeto de integração com o resto do mundo, o que justifica o pouco interesse do capital estrangeiro […]

Continue lendo »

Editorial. Ed. 143

O País foi surpreendido em julho pelos protestos de rua que continuam em cidades como São Paulo e Rio, mas agora como expressão de violência que pouco tem a ver com a reivindicação de melhoria nos serviços públicos e decência no comportamento de governantes. Lástima. Os ataques a prédios públicos, as depredações que geram um custo a mais para o […]

Continue lendo »
1 5 6 7