Bar com cinema

Lourival Mendes era um pioneiro de cinemas no velho oeste, não o velho oeste americano, mas do Paraná. Teve cinema nos verdes anos da cidade de Toledo, então quase um faroeste, que efervescente, vivia sua época de colonização. Na sua paixão por exibir filmes, Lourival comprou um projetor portátil 16 mm e se aventurava, um bandeirante da sétima arte, com […]

Continue lendo »

Almoço na casa de Cukor

O gentil e receptivo diretor cinematográfico americano George Cukor (1899 – 1983), dono de uma excelente cozinha na sua residência em Los Angeles, convidava colegas diretores para um almoço anual quando da entrega do Oscar. Sua casa era frequentada regularmente por Katharine Hepburn, Irene Selznik, Vivian Leigh, entre outros astros. Decorada com extremo bom gosto, situada perto da Sunset Strip, […]

Continue lendo »

Os jovens frequentadores das minúsculas salas de cinema hoje não fazem ideia do que eram as grandes salas com perto de 2000 lugares em sua maioria. Em filmes de ação, vaiava-se o bandido, aplaudia-se o herói e o beijo final na namoradinha era saudado com tremendo assobio. Nas matinês lotadas de crianças, elas batiam os pés na perseguição. Nas comédias, […]

Continue lendo »

A publicidade na Cinelândia curitibana

No número 170 desta revista, abordei algumas promoções que gerentes de cinema, atuando como publicitários, movimentavam na principal avenida de Curitiba, além das fachadas e dos cartazes. Aqui vão mais algumas histórias. No início do cinema mudo em Curitiba, eram exibidos filmes curtos de um rolo (pouco mais de 10 minutos). Quando aparecia uma produção de dois rolos ou mais, […]

Continue lendo »

Cinema nas alturas

Pelo que se tem notícia, um filme foi exibido pela primeira vez num avião em 1921. Foi a bordo de um Aeromarine Airways anfíbio, deleitando seus 11 passageiros com um curta-metragem mudo, “Howdy Chicago”. O entretenimento, quando acontecia nessa época, era presencial e a música ao vivo tornou-se muito popular entre os passageiros americanos. O Dirigível Hinderburg alemão, de 1936, […]

Continue lendo »
1 2