Reino italiano

Ele é paulista, estudou em Londres e Paris, mora em Curitiba e representa a mais pura tradição italiana da cidade, e isso ele nem discute, define-se clássico até a raiz dos seus ralos cabelos. Em pouco tempo de conversa, Fabiano Marcolini deixa isso bem claro, seu foco é a Itália, com ênfase na técnica e qualidade dos produtos, orgânicos e […]

Continue lendo »

Pagus indignadas em palanques

As mulheres que amam a liberdade   Donas do próprio nariz, resolvidas com suas escolhas e a deixar para trás qualquer culpa por julgamentos alheios, há na MPB um time interessante de personagens que avança a caminhada com a cabeça levantada e o olhar atento às próprias vontades. A liberdade feminina aqui não segue estudos, não acompanha o chato do […]

Continue lendo »

Tom Lisboa, profissão: artista

Um dos mais criativos trabalhos em que o artista rompe com a ideia da fotografia somente como um registro visual, uma janela, agora a misturar vários signos, onde a sua arte atinge uma maior abrangência, obra interativa, conceitual, participativa, que tive a oportunidade de conhecer, é o de Tom Lisboa. Dele e de seu magnífico trabalho nada sabia, culpa de […]

Continue lendo »

Com açúcar, com afeto

Ninguém pode dizer quantas vezes aquele caderninho foi aberto. Centenas de vezes. Milhares, quem sabe? Há páginas que denunciam o uso pelas nódoas. Marcas onde o papel fica transparente do óleo ou amarelinho da gema. Algumas folhas são enfarinhadas como a massa de macarrão que descrevem, passo-a-passo. A capa do caderno é dessas rajadinhas, tipo pedra granito, daquelas que não […]

Continue lendo »

Bia

Beatriz foi chamada de Bea até a adolescência e, depois dos dezoito, é a Bia, a mesma que agora segue como se fosse uma suicida em cima de uma bicicleta em meio ao trânsito do centro. Motoristas tiram fina, ônibus quase a atropelam enquanto ela pedala. É bióloga em uma empresa que paga o seu salário com o dinheiro da […]

Continue lendo »

Os franceses

Quem assistiu ao filme Amour do diretor Michael Haneke teve um exemplo clássico de como os franceses são práticos e desprezam o sentimentalismo estéril. Certamente saberão do que eu estou falando. O negócio deles é resolver o problema sem incomodar ninguém. Pois bem! Como em todo mundo, a moradia própria e a sobrevivência com dignidade na aposentadoria são problemas que […]

Continue lendo »

A melhor medicina é a que cura

Vejo, muitas vezes, discussões homéricas entre colegas médicos no tocante às mudanças na medicina. Já ouvi questionamentos sobre homeopatia, acupuntura e também sobre hipnose, mesmo sendo especialidades médicas reconhecidas pelo Conselho Federal de Medicina. No tocante à imprensa, lembro que o programa “Fantástico”, da Rede Globo, abordou o assunto sobre a homeopatia há algum tempo, questionando sua possível falta de […]

Continue lendo »

Feliz, sem final

Imagem: Cazzanga batista, città alta   Eu sabia que acontecia alguma coisa. Você não mudava o tom da voz, não fazia gestos, não olhava. Mas eu sabia que alguma coisa acontecia: meu coração aos pulos, boca seca, pensamentos constantes. Censura. No começo recebia poesias. Distribuía-as em meu cotidiano como disfarce, bálsamo para o sufoco dos dias difíceis. Hoje sei que elas […]

Continue lendo »
1 2 3 4