Deixa eu falar

Chove e, pra mim, não faz diferença se chove, ou não, agora. Mais do que tudo, preciso falar. — Posso? Quero dizer tanta coisa. Lembrar que o jornal, o impresso, perdeu. — Perdeu, perdeu, perdeu. O impresso já não dá mais nada. Perdeu pra internet, e o jogo está perdido. Anteriormente, tinha rádio e tevê e era possível saber das […]

Continue lendo »

Voz do Brasil

O Brasil perdeu a imponente voz de Luciano do Valle   Feriado de Páscoa ressuscitou à memória dos brasileiros dois nomes, não que eles estivessem esquecidos, mas ajudou a potencializar a lembrança de Gabriel García Márquez, escritor, jornalista e talentoso autor de narrativas como Ninguém Escreve ao Coronel, Memória de Minhas Putas Tristes, Amor nos Tempos do Cólera, além dos […]

Continue lendo »

As linhas de Lilian

“A arte é uma apercepção pessoal”, disse Paul Cézanne a Émile Bernard, as linhas de Lilian Gassen provam. Cada qual que passa os olhos por sua arte reflete uma perspectiva, uma sensação diferente. Arte é isso, Merleau-Ponty parece ter escrito que “O artista fala como o primeiro homem falou e pinta como se jamais houvesse pintado”. Vendo uma obra de […]

Continue lendo »

Exilado em Macondo

Li Cem Anos de Solidão em 1967, quando o regime fardado me hospedou como perigoso subversivo da ordem ditatorial. Tinha 20 anos e uma sede insaciável de liberdade. Refugiei-me em Macondo. Passei a viver um universo paralelo de personagens delirantes, cenas prodigiosas em que mito, fantasia e realidade se confundiam. Morreu García Márquez e ele está em mim desde a […]

Continue lendo »

Curitiba em verbetes

No ano em que o Brasil recebe a Copa do Mundo de 2014, a editora baiana Casarão do Verbo teve a ideia de apresentar literariamente, em forma de verbetes, as cidades-sedes do mundial deste ano. O projeto Dicionário Amoroso é inspirado em um livro de mesmo nome, publicado na França, em 2008, pelo escritor Denis Tillinac. A editora convidou 12 […]

Continue lendo »

Em busca da fé em Nevers

Bernadette Soubirous. Foto: Divulgação Bernadette Soubirous era uma linda adolescente que vivia com sua família em extrema pobreza numa antiga cadeia pública, abandonada por insalubridade, num povoado medieval de 4.000 habitantes denominado Lourdes ao sul da França por volta de 1857. Ela teve uma infância com a saúde debilitada, padeceu de cólera e asma devido ao clima frio e à […]

Continue lendo »

As girafas e o senso comum

Vicente Ferreira é homem de hábitos. Nos encontramos sempre na Praça da Espanha, em um café cheio de ideias, vozes e literatura. Ele insiste em manter os nossos encontros nesse café, embora se irrite com a indigência cultural que nos cerca e que nos envolve na algaravia irritante de chavões, frases vazias e citações. Há um advogado dado a literaturas. […]

Continue lendo »
1 2 3 4