O celular de Felipe

Felipe Pinheiro passa os invernos na região leste do Caribe e os verões no Mar Báltico. Dos mares quentes dos santos Juan, Thomas e Martin até as frias Tallinn, Riga e São Petersburgo. Depois vai a Lisboa, passa por Gibraltar (terra de Molly Bloom, heroína do Ulysses de James Joyce), entra no Mediterrâneo dando com os costados na Espanha, França […]

Continue lendo »

Irreversível

Acordo com a sensação de água salgada na pele. Nada vai aliviar, nem apagar, nem diluir. O pensamento é cortado por frases, respiros, reviravoltas de gestos. A palavra fere a linha imaginária das superfícies, divide os hemisférios, inventa outro idioma. Sou agora o que eu nunca ousei, o que está na memória, o que um dia lembrei por acaso. Por […]

Continue lendo »

Novos escritores à vista

Entrar no mercado editorial é vontade de muitos. Está dentro das missões dos viventes há tempos: escrever um livro, ter um filho e plantar uma árvore. Mas por quê? Pra quem? Poderia haver um arranjo entre as questões: para falar da árvore plantada para o filho ler. Felizmente, as bordas são mais largas, são também mais enigmáticas. Sabemos bem que […]

Continue lendo »

Prateleira. Ed. 161

Lançamento – Livro dos Novos II – 2015Foto: Revista Ideias O novo lançamento da Travessa dos Editores é ao mesmo tempo um incentivo e uma aposta no mercado editorial. Na segunda edição do projeto, o volume traz as mesmas características que o primeiro, de 2013: 16 jovens autores, 16 contos. As ficções começaram a ser encaminhadas à editora assim que […]

Continue lendo »

Depois do carnaval

Na medida em que me misturava à multidão, estranhamente os rostos iam ficando mais indefinidos. Quanto mais perto, mais junto, mais integrada, menos detalhes. A massa me conduzia de um lado para o outro e eu não conseguia mais que acompanhar em pulos miúdos e sem ritmo o que ela ditava, até a música às vezes ouvia, às vezes não. […]

Continue lendo »

Cinema. Ed. 161

Grande Hotel BudapesteFoto: Reprodução/site ochaplin.com O Grande Hotel Budapeste levantou quatro estatuetas no Oscar 2015, todas elas técnicas. Melhor trilha sonora; Melhor maquiagem e cabelo; Melhor direção de arte; e Melhor figurino. O fato de não ter levado melhor filme ou melhores ator e atriz, não diminui a película que teve a direção de Wes Anderson. O longa tem como […]

Continue lendo »

Música erudita. Ed. 161 – Técnicos ou performáticos?

David Garrett e Vanessa-Mae   O conceito de virtuose está diretamente ligado ao músico que alcançou elevadíssimo nível de entendimento e competência técnica no desempenho ou na realização de sua própria arte. Muitos já foram assim chamados, sendo [talvez] o mais conhecido de todos Amadeus Wolfgang Mozart, que brilhava aos seis anos tocando em casas de nobres e em palácios. Reza […]

Continue lendo »

Cérebro e mente

Muitas vezes confundidos um com o outro, alguns, inclusive, os tratam como sinônimo, porém cérebro é cérebro e mente é mente. Num exemplo simples que facilita em muito a compreensão, podemos fazer uma analogia com a computação. O cérebro é o “hardware”, um órgão físico que requer nutrição, descanso e exercícios. Já a mente seria o “software”, o sistema de […]

Continue lendo »
1 2 3 4