Tainha recheada

Meu improvável turismo aconteceu no outono do ano passado quando aceitei convite de um amigo para aventura pela baía. Embora não tenha aptidões náuticas, está em mim certa sedução em largar terra firme vez ou outra, a começar pelo rum, que sempre está presente nesse tipo de passeio. Embarcados, acompanhados por capitão e copeira, passeamos pela Baía de Paranaguá por […]

Continue lendo »

Do que vai e do que fica

Os resíduos na MPB   Como cabe passado na vida da gente! É impressionante o tanto que carregamos nas malas da memória. Vivemos a arrastar as pesadas sacolas das lembranças que nublam o presente e assustam o futuro. Todo mundo, não tem jeito. Você até pode não se qualificar na categoria dos saudosistas que invocam a todo momento as recordações […]

Continue lendo »

Para desespero do neófobo

Sou inegavelmente um neófobo. Não me orgulho disso. Aprendi a ser assim depois de inúmeras decepções com jovens gênios, promessas, supostos virtuoses das letras e coisas afins. É uma pena, eu sei. Provavelmente ando perdendo a oportunidade de ler muitas coisas boas. Neófobo que sou, pois, foi com aquele olhar meio constrangido que recebi toda prosa (assim, em minúsculas mesmo), […]

Continue lendo »

Guido

Não era para ser assim, Guido. Eu já havia planejado o nosso fim e estava decidida a ir embora sem falar, sem despedida, sem desperdício de tempo. Por isso escrevia aquele bilhete quando você chegou. Mas todas as vezes que me olha, quando começa a escorregar as mãos pelas minhas costas, quando enlaça minha cintura… Todas as vezes, eu não […]

Continue lendo »

Prateleira. Ed. 177

Raduan Nassar  Raduan Nassar – O Prêmio Camões de 2016″Eu não entendi esse prêmio direito, minha obra é um livro e meio”. Com humor, foram essas palavras que Raduan Nassar disse sobre o Prêmio Camões que venceu neste ano. Talvez o criador não entenda e não encontre os motivos certos para a contemplação do maior prêmio literário da língua portuguesa, […]

Continue lendo »

As distribuidoras cinematográficas

Perto da Cinelândia curitibana, no início da rua Des. Ermelino de Leão, principalmente, situavam-se quase todas as filiais dos grandes estúdios que faziam a distribuição de seus filmes por estas bandas. Metro-Goldwin-Mayer, Columbia, Fox, Paramount, a Art Filmes, que aglomerava produções europeias, principalmente francesas, alemãs e italianas, a Rank inglesa, e outras. Atendiam todo o Paraná e Santa Catarina. Eram […]

Continue lendo »

Habitar-me

A pergunta veio como um sussurro, ou um pensamento que vem à tona: “será que alguém consegue viver sem isso?”. Referia-se ao barulho das ondas do mar, que se ouvia não muito longe. Pensei um pouco sobre a ideia, e logo percebi que a maior parte da minha vida não escutei esse som, que era tão próximo e fundamental para […]

Continue lendo »

Cinema. Ed. 177

Cena do filme Nise, O Coração da Loucura (2016) Nise, O Coração da Loucura (2016) A psiquiatra brasileira Nise da Silveira ganhou um filme neste ano. Médica renomada e aluna de Carl Jung, Nise foi contra os métodos de sua época e criou no Centro Psiquiátrico Nacional Pedro II, instituição que trabalhava em 1944, a Seção de Terapia Ocupacional. Nela, Nise […]

Continue lendo »

Harmonia, segredo da saúde

Você sabe o quanto suas emoções impactam sobre sua saúde física? Muito, é a resposta. Melhor ainda, mais do que supunha a própria medicina, que apostava na genética, que, sendo, sem dúvidas fundamental para determinação de algumas doenças. Porém, hoje, nós médicos observamos o quanto a psique compete com a genética e o estilo de vida no desenvolvimento de nossas […]

Continue lendo »
1 2 3 4