Revisitando a poesia de Tasso da Silveira, cem anos depois

simoes_abre

  Há precisamente cem anos – 1918 –, o grande poeta curitibano Tasso da Silveira (1895-1968) tinha oportunidade de publicar o seu primeiro livro, Fio d’água. Penso que a efeméride constitui um bom pretexto para uma revisitação breve da opera omnia poética do notável polígrafo paranaense. Poeta, crítico, ensaísta, professor, conferencista, historiador da literatura, teatrólogo, romancista. Tasso da Silveira foi […]

Continue lendo »

Direita, volver

direita_abre

  Pela primeira vez a direita mais conservadora assumirá o governo do país. A população aguarda com ansiedade e a maioria aplaude ou apoia todas as suas iniciativas. Espera a superação da crise o mais rápido possível e, por enquanto, confia. Mesmo que entenda que o desafio é grande. O primeiro passo para uma avaliação realista da situação é reconhecer […]

Continue lendo »

Petismo: doença geriátrica do comunismo

petismo0abre

  “Sem teoria revolucionária, não há movimento revolucionário.”  Lênin   Algumas considerações são necessárias antes de começar este texto. A primeira delas é a facilidade que há em criticar a “esquerda”, o que é curioso, pois não foi a “esquerda” que impôs o sistema vigente – o capitalismo –, logo, vê-se a eficácia da propaganda anticomunista ocorrida no mundo. Localmente, […]

Continue lendo »

Com os Malucelli na memória – uma viagem

cronica_abre

Luiz Alfredo Malucelli, o Malu, jornalista, radialista, cronista, homem de propaganda, chef de cozinha talentoso, publicou um único livro, “Casos do Malu ‒ histórias, receitas e muitas risadas”, mas deixou crônicas esparsas nos jornais locais e uma, antológica, que republicamos neste número de Ideias. Nascido em Morretes, no litoral, em 20 de abril de 1934, Malu se mudou cedo para […]

Continue lendo »

Importante ou essencial?

edmilson

Perdemos tanto tempo de nossas preciosas vidas com coisinhas, valorizando situações ou pessoas que não merecem, que, se fizéssemos um balanço, veríamos o quanto de horas, dias e até meses, quando não anos, já desperdiçamos por conta de coisas, situações ou pessoas que achávamos importantes, e depois percebemos quão banais foram. Para evitarmos novos desperdícios de tempo bom para nós, […]

Continue lendo »
1 2