Prateleira. Ed. 209

Um alemãoEwald era descendente de mestres-cervejeiros alemães. No início da década de 1950, deixou o Rio Grande do Sul e, em meio à Floresta do Oeste do Paraná, instalou sua pequena indústria de bebidas em uma comunidade de gaúchos. Quinze anos depois, faleceu prematuramente e deixou um filho de dez anos. O menino hoje conta as histórias do pai. O […]

Continue lendo »
1 2 3