Nota de Falecimento

Com o fechamento do Instituto de Medicina do Paraná, no dia 1.º de março passado, a título de “reforma”, perdem a cidade de Curitiba e seus cidadãos uma instituição de 87 anos de maravilhosos serviços médicos prestados. Nascido em 1932, por sonho do Dr. Erasto Gaertner, que dispensa apresentações, compôs rapidamente seu corpo clínico com o que havia de expoentes […]

Continue lendo »

Binaca

Nunca mais fui ao Café & Restaurante Trem Pagador. Almocei por anos no local, onde a refeição era e talvez ainda seja servida até as 15 horas. Por ser autônomo, poderia, em tese, almoçar na hora em que quisesse. No entanto, para sobreviver sou obrigado a participar de reuniões, algumas realizadas no tradicional horário de almoço. Mas, enfim, frequentei assiduamente […]

Continue lendo »

Coletando constelações

A missão do biógrafo lembra, em sua densa maioria, algo próximo de atento coletor de pepitas. Age num percurso de inúmeras fases de coleta. São etapas de intensas buscas, peneiragens, garimpos, trabalhosas investigações documentais, depoimentos, além de saber ordenar, hierarquizar indícios seguros de vestígios falsos. Em se tratando de Ruy Castro, estamos nomeando, salvo engano, o mais renomado representante do […]

Continue lendo »

Viver é muito perigoso

Para Deniz Abruzzo, a fotografia é uma arma em forma de arte contra as armadilhas do tempo. Elas carregam movimento e identidade. Guardam fragmentos das nossas vidas e, em consequência, respiram por si mesmas. Elas marcam períodos e dão ângulos e pontos de vista, não revelam, mas mostram um sentimento. Tornando-se pontes para essas sensações preciosas que guardamos no coração […]

Continue lendo »

Os jovens frequentadores das minúsculas salas de cinema hoje não fazem ideia do que eram as grandes salas com perto de 2000 lugares em sua maioria. Em filmes de ação, vaiava-se o bandido, aplaudia-se o herói e o beijo final na namoradinha era saudado com tremendo assobio. Nas matinês lotadas de crianças, elas batiam os pés na perseguição. Nas comédias, […]

Continue lendo »

O mestre Antonio Arney

Antonio Arney, 93 anos, aprendeu vendo o pai, Joaquim, marceneiro e carpinteiro, trabalhar. O pai também pintava e procurava pesquisar dentro da fotografia, e mesmo no trabalho em madeira, alguma coisa nova. “Naquele tempo, o trabalho de marcenaria era muito perfeito, era artesanato puro feito à mão. Tínhamos até pouco tempo atrás a mobília em casa, por exemplo, camas, armários, […]

Continue lendo »

Misiones II

O segundo dia estava ensolarado em Misiones e o frio intenso da véspera dera uma trégua. A nosso pedido, fomos deixados na fronteira pelo pequeno italiano que voltaria ao centro de Puerto Iguazu para negociar seus queijos, embutidos e vinhos os quais comercializava em Curitiba. Isso, sem dúvida, pagava suas andanças pelas jogatinas da vida. Pois é na fronteira do […]

Continue lendo »
1 2