Quem vai e quem fica

Movimentos migratórios aconteceram em diferentes épocas e acompanham a história da humanidade. Os motivos que levam grupos a migrarem são vários: alterações climáticas, intolerâncias políticas, culturais ou religiosas, insegurança ou insatisfação com o governo do seu país… E na bagagem sempre a esperança que lá seja melhor do que aqui. A SAÍDA PELO AEROPORTO Nos últimos anos é possível perceber […]

Continue lendo »

Sem base não se anda

As projeções sobre a educação básica no Brasil   A palavra base vem do grego básis, “pedestal”, e tem como sinônimo as palavras sustentação, suporte, princípio, apoio e outros termos que se relacionam com fundação, algo inicial e necessário para se avançar. As complexidades da educação básica no Brasil devem ser encaradas para que se entenda sua urgência para o […]

Continue lendo »

Quase sempre perdida

A história vista de baixo. Para os historiadores, é a possibilidade de compreender os movimentos não só de opressão, e sim de resistência e de luta da classe operária e camponesa. Talvez, se fosse o caso de analisar o livro Benedito Rosário, de João Urban, na perspectiva histórica, a abordagem escolhida seria a marxista dos britânicos E. P. Thompson e […]

Continue lendo »

Universidade resiste aos cortes

As preocupações do governo Jair Bolsonaro com a educação brasileira são de contingenciar, bloquear, descentralizar. Até agora, verbos como investir e ampliar não apareceram   O que parecia ser uma pauta pilar no aspecto investimento e desenvolvimento da sociedade brasileira pode no governo de Jair Bolsonaro ser ressignificada. As ciências humanas perdem espaço e importância, os investimentos sofrem contingenciamento com […]

Continue lendo »