Baqueta é um privilégio

Melany Sue não é uma, são várias Melanys. É designer gráfica, ilustradora e música. É baterista da banda Quick White Fox. Quem já ouviu suas notas jamais diria que dialoga com Noel Rosa, mas eu ouso a dizer que sim. Afinal a música ultrapassa as fronteiras matemáticas pitagóricas. Não se lembram que em Feitio de Oração o Poeta da Vila nos elucidou com “batuque é um privilégio”? Pois, neste caso para ambos: nós, o público, e Melany, a artista.

Seguiu o conselho de Noel e arrasa por aí com a Quick White Fox. Já tocaram num evento de moda do Museu Oscar Niemeyer; têm um clipe que é instigante, com a direção de João Solda e com a participação de Zeca Cenovicz; além de um EP e dois singles. Mais: Melany Sue tocou na Corrente Cultural do ano passado, porém com outra banda, o Mistinguett Live.

Parodiemos Feitio de Oração: baqueta é um privilégio, ninguém aprende ser Melany no colégio!

creditos_camyla_arauejo_lopes

Foto: Camyla Arauejo Lopes

Deixe uma resposta