Vossa Majestade, o candidato

Ela está chegando, a eleição para a prefeitura de Curitiba está logo ali na esquina. Muitos nomes sendo colocados na mídia, várias projeções, especulações e pesquisas começando a pipocar por todo lado. Aí me pego pensando, o que é um bom prefeito, o que a gente quer de um prefeito? Independente de linha política, o que é mesmo que a gente procura na pessoa que vai governar nossa cidade nos próximos quatro anos?
Um plano!
Simples assim. Mais que mil propostas miraculosas, o que eu espero do nosso novo alcaide é que ele tenha uma visão do que deseja pra nossa cidade, uma meta. Um lugar lá na frente, um caminho!
Toda e qualquer proposta deve vir desse pensamento, desse projeto maior, que enxerga a cidade como um todo. Tudo coordenado, habitação, mobilidade, emprego, infraestrutura, equipamentos, obras sociais, saúde, cultura e educação. Tudo orquestrado, refletindo uma ideia maior, que nos indique pra onde estamos indo.
Óbvio que seremos bombardeados por milhões de projetos, alguns serão bem interessantes e muitos deles com certeza serão necessários. Mas eles têm que refletir um pensamento mais abrangente da cidade. O nosso prefeito tem que entender o organismo vivo que a cidade é. Qualquer ação, repercute, altera e modifica a cidade toda.
Estou cansada de projetos eleitoreiros, pessoas que visam mais sua trajetória política e encaram a cidade como um degrau que os leva a outros patamares. Não quero ninguém assim. Não quero oradores rebuscados na retórica das obras faraônicas e desnecessárias. Não me venham com salvadores da pátria com respostas a todos os problemas. Nem quero saber dos intransigentes e defensores de ideologias radicais, onde o discurso político é mais importante que o plano de governo. Xô com todos eles!
Não me importo se ele é novo, velho, de esquerda, direita, advogado ou engenheiro. Não me importa se é feio ou bonito, se tem apoio desse ou daquele candidato. Me importa que tenha amor e respeito ao que já se fez e o que a cidade representa. Me interessa que tenha fome e coragem para mudanças.Me interessa que conheça a cidade, entenda sua alma, que viva sua essência.
Será você o meu candidato?

Deixe uma resposta