Subprocurador-geral Eugênio Aragão vai assumir Ministério da Justiça

Eugênio José Guilherme de Aragão. Foto: Divulgação

Por Victor Ribeiro
Da Agência Brasil

Com a publicação da decisão do Supremo Tribunal Federal que impede membros do Ministério Público de ocupar cargos no Poder Executivo, o Palácio do Planalto anunciou que Eugênio José Guilherme de Aragão será o novo ministro da Justiça. Ele é carioca, tem 56 anos, é formado em direito pela Universidade de Brasília, especialista em Direito Internacional e, atualmente, é subprocurador-geral da República.

Eugênio Aragão entrou no Ministério Público em 1987, antes portanto da promulgação da Constituição Federal, que impede o acúmulo dos cargos. Aragão substitui o procurador de Justiça Wellington César Lima e Silva, que passou apenas duas semanas no cargo.

Devido à decisão do Supremo, Wellington César deixou o Ministério da Justiça para voltar ao cargo vitalício de procurador do Ministério Público da Bahia. Outros 21 membros do Ministério Público que ocupam cargos em secretarias estaduais e municipais têm 20 dias para decidir o que fazer.

Deixe uma resposta