Vaticano vai abrir arquivos da Igreja sobre ditadura militar argentina

Papa Francisco. Foto: ONU/ UN Photo/Amanda Voisard/Eskinder Debebe/Rick Bajornas/Mark Garten

 

Abertura foi determinada pelo papa Francisco, que é argentino.
Arquivos relativos ao período 1976-1983 serão aberto em alguns meses.

 

Do G1

O Vaticano confirmou nesta quarta-feira (23) a abertura em poucos meses dos arquivos da Igreja relativos à ditadura militar na Argentina (1976-1983) por vontade do papa Francisco, indicou o porta-voz da Santa Sé, padre Federico Lombardi.

“Como já anunciado no passado, o papa Francisco manifestou seu desejo de abrir para consulta os arquivos do Vaticano relativos à ditadura na Argentina”, afirmou. (1976-1983).

Para isso, é necessário catalogar o material, explicou.

“O trabalho está sendo realizado e achamos que terminará nos próximos meses”, acrescentou Lombardi.

 

Deixe uma resposta