Grupos pró e contra impeachment ocupam Esplanada dos Ministérios

Manifestantes começam a ocupar a Esplanada dos Ministérios

Manifestantes começam a ocupar a Esplanada dos Ministérios. Foto: André Borges/ Agência Brasília

 

Manifestantes chegaram a poucas horas do início da votação na Câmara.
PM apreendeu fogos de artifício e mochila com suposta bomba caseira.

 

Por Raquel Morais, Gabriel Luiz e Bárbara Nascimento
Do G1

Manifestantes pró e contra impeachment ocuparam a Esplanada dos Ministérios neste domingo (17), faltando poucas horas para o início da análise do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff no plenário da Câmara dos Deputados. Por volta de 13h, a Secretaria de Segurança Pública estimou a presença de 3,6 mil pessoas a favor do afastamento a petista. De acordo com a pasta, havia pouco movimento do grupo antagônico. Os movimentos são separados por um muro, que tem 80 metros de largura e um quilômetro de extensão.

Com a divisão, que começa na Rodoviária do Plano Piloto, os manifestantes pró-impeachment ficaram concentrados nas proximidades do Museu Nacional da República. Do mesmo lado ficam a Catedral Metropolitana, o Ministério da Saúde e o Palácio do Itamaraty. Os grupos contrários ao impeachment têm como área reservada os arredores do Teatro Nacional Cláudio Santoro, podendo circular perto dos ministério da Defesa e Planejamento, além do Palácio da Justiça.

Pela manhã, policiais militares apreenderam caixas de fogos de artifício na parte de cima de uma árvore no estacionamento do Ministério da Ciência e da Tecnologia (lado a favor do impeachment). Os mais de 20 artefatos estavam em uma sacola cheia de folhas. O item consta na lista de proibições durante o protesto. O dono não foi localizado, e ninguém foi preso.

A corporação também apreendeu nas proximidades uma mochila com uma suposta bomba caseira. O capitão Michello Bueno afirmou que são feitas varreduras constantemente dos dois lados. O Batalhão de Cães tem participado das atividades.

Deixe uma resposta