Stédile, do MST, convoca seu exército para ato da APP em Curitiba

O líder dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), João Pedro Stédile

O líder dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), João Pedro Stédile. Foto: Valter Campanato/Agência Brasil

Fonte

O coordenador nacional do MST, João Pedro Stédile, já está em Curitiba em apoio ao ato da APP-Sindicato contra o impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT), em defesa do ex-presidente Lula e do PT e contra o juiz Sérgio Moro e a Operação Lava Jato. Stédile e seu exército querem dar visibilidade no ato e sinalizar ao vice-presidente Michel Temer que seu governo não vai ter trégua dos sem terra e do lulopetismo.

Acompanha Stédile em apoio a manifestação da APP nesta sexta-feira, 29, a presidente da CUT do Paraná, Regina Cruz, que trará também seu séquito de cutistas. “Aproveitando a ocasião em que se realiza hoje, em Curitiba, a plenária estadual da militância do Fórum de Lutas 29 de Abril e a Frente Brasil Popular, Stédile, Regina e Silva falarão sobre o posicionamento das organizações e movimentos sociais diante à conjuntura política nacional, o golpe em andamento e suas consequências para a população brasileira”, diz a nota enviada pelo MST.

“Além disso, eles também apresentarão o calendário nacional de lutas e mobilizações para barrar o impeachment e o ato Estadual de um ano do massacre dos professores que acontece na sexta-feira (29), em Curitiba”, completa a nota.

Deixe uma resposta