Cunha diz que Supremo tinha “algum objetivo” para afastá-lo

Eduardo Cunha

Eduardo Cunha. Foto: Lula Marques/ Agência PT

Fonte

O presidente afastado da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), afirmou em depoimento ao Conselho de Ética nesta quinta-feira, 19, que se sente “injustiçado” pelo Supremo Tribunal Federal e que a decisão de seu afastamento possui “algum tipo de objetivo” não declarado. “É óbvio que foi uma decisão construída para ter algum tipo de objetivo, que com o tempo se saberá qual é”, afirmou Cunha. “É muito estranha a celeridade com relação a mim quando, por exemplo, uma denúncia contra o presidente do Senado está há três anos sem ser apreciada pelo pleno [do Supremo]”, prosseguiu.

Deixe uma resposta