Morre Ali Chaim aos 81 anos

Tristeza. Morreu esta noite, de uma parada cardíaca, o Ali Chaim, dos meus amigos mais antigos. Perdemos muito. Chaim foi uma das referências desta cidade em seus anos de grandes mudanças, como criador de uma linguagem nova no jornalismo do rádio e da TV. Criou frases e expressões que entraram no vocabulário da cidade. Ali Chaim e seu talento único, original.

Diz o José Maria Correia que Chaim foi o mais ético repórter policial e o único a ser homenageado como Delegado Honorário da Adepol, Associação dos Delegados de Polícia. Foi campeão de audiência no rádio e na televisão com o personagem Califa 33 que inovou a reportagem policial. Era sempre convidado a dar palestras na Escola Superior de Polícia Civil como estudioso e conhecedor da gíria e do palavreado típico do submundo.

Chaim estava internado no Hospital Santa Cruz desde terça-feira com dificuldades respiratórias, o quadro melhorou ontem, contudo na madrugada de hoje não resistiu e teve uma parada cardíaca. Covid-19 está descartada.

Chaim era casado com Esmeralda Chaim e pai de 3 filhos Ali, Camila e Omar.

O velório será hoje, 28 de maio, das 11h às 16h, na Capela 01 do Cemitério Memorial da Vida.

Cemitério Parque e Crematório Memorial da Vida
R. Planalto, 459 – Ouro Fino, São José dos Pinhais – PR, 83015-010
(41) 3382-6463

Deixe uma resposta