Curitiba: manifestação termina em confronto

Um protesto anti-racista organizado pelo Facebook acabou em confronto entre manifestantes e polícia militar na noite desta segunda-feira (1), no Centro de Curitiba. As equipes policiais teriam utilizado bombas de gás lacrimogênio e balas de borracha para conter os manifestantes.Os bancos Itaú e Santander tiveram suas vidraças quebradas, assim como o Fórum de Curitiba, todos na rua Cândido de Abreu.

A manifestação teve início às 18h, na Praça Santos Andrade, em frente à Universidade Federal do Paraná (UFPR), de forma pacífica. Após o ato, parte dos manifestantes seguiram em passeata até o Centro Cívico. O Shopping Mueller também foi um dos alvos do protesto.

Deixe uma resposta