Pazuello hoje em Curitiba

Contraponto – Na semana em que Curitiba e Paraná batem recordes de casos e de óbitos provocados pelo cornavírus, o ministro interino da Saúde, Eduardo Pazzuelo, se reúne nesta quinta-feira (23) com o governador Ratinho Jr. no Palácio Iguaçu. Farão pronunciamento conjunto sobre a situação da pandemia no estado a ser transmitido pela emissora oficial de televisão do governo, a TV Paraná Educativa.

O ministro desembarca em Curitiba antes do meio-dia e faz reunião prévia com o secretário da Saúde, Beto Preto, e gestores da área no Paraná e representantes de municípios.

Em debate um dos mais sérios problemas enfrentados pelas autoridades paranaenses para enfrentamento da Covid-19 – a falta de remédios para tratamento de pacientes internados nas enfermarias e UTIs e, sobretudo, a escassez de profissionais, como médicos intensivistas, enfermeiros e técnicos de enfermagem.

Na definição do secretário Beto Preto, o Paraná chegou ao estado de calamidade nestes quesitos – e o quadro só não é ainda mais grave porque a rede hospitalar pública e privada ainda apresenta vagas para internações, embora também se aproximando do limite.

No fim da tarde de quarta (22), o boletim diário da secretaria da Saúde registrou 2.366 novas confirmações e 71 mortes. O número de óbitos é recorde desde o início da doença no Estado. Antes, o recorde tinha sido anotado na terça-feira (21), com 58 mortes num só dia. Desde o início da pandemia, o Paraná soma 59.269 casos e 1.467 mortos vítimas da doença.

Pazzuelo cumpre a terceira etapa de visitas à Região Sul do país. Na terça-feira (21) esteve em Porto Alegre e, no dia seguinte, em Florianópolis. Os três estados do Sul estão em curva ascendente de propagação da pandemia.

Deixe uma resposta