Paraná já tem mais de 1.500 mortes pela Covid-19 e casos passaram de 61 mil nesta quinta

A Secretaria de Estado da Saúde divulgou nesta quinta-feira (23) 2.066 novas confirmações e 59 mortes pela infecção causada pelo novo coronavírus. O Paraná soma agora 61.335 casos e 1.526 mortos em decorrência da doença. 

INTERNADOS – 1.071 pacientes com diagnóstico confirmado de Covid-19 estão internados hoje. 826 pacientes estão em leitos SUS (379 em UTI e 447 em leitos clínicos/enfermaria) e 245 em leitos da rede particular (94 em UTI e 151 em leitos clínicos/enfermaria).

Há outros 1.111 pacientes internados, 507 em leitos UTI e 604 em enfermaria, que aguardam resultados de exames. Eles estão em leitos das redes pública e particular e são considerados casos suspeitos de infecção pelo vírus Sars-CoV-2.

ÓBITOS – A secretaria estadual informa a morte de 59 pacientes, todos estavam internados. São 31 mulheres e 28 homens, com idades que variam de 31 a 98 anos. Os óbitos ocorreram entre os dias 5 a 23 de julho. Os pacientes que faleceram residiam em: Curitiba (19), Arapongas (5), Colombo (4), Londrina (3), União da Vitória (3), Goioerê (2), Tibagi (2), além de um óbito em cada um dos seguintes municípios: Alto Piquiri, Balsa Nova, Bocaiúva do Sul, Campina Grande do Sul, Campo Largo, Cascavel, Colorado, Fazenda Rio Grande, Itambaracá, Marilena, Maringá, Paranavaí, Pinhais, Piraquara, Ponta Grossa, Rio Negro, Salto do Lontra, Santo Antônio da Platina, São José dos Pinhais, Toledo e Xambrê.

FORA DO PARANÁ – O monitoramento da Sesa registra 669 casos de residentes de fora. 19 pessoas foram a óbito.

AJUSTES:

Alteração de município:

Um caso confirmado na data de 14/7 em Tunas do Paraná foi transferido para Colombo. Um caso confirmado na data de 4/7 em Campo Largo foi transferido para Piraquara. Um caso confirmado na data de 26/6 em Campo Grande/MS foi transferido para Toledo

Um caso confirmado na data de 18/7 em Palmital foi transferido para Ponta Grossa. Um óbito confirmado na data de 9/7 em Peabiru foi transferido para Campo Mourão. Um caso confirmado na data de 21/7 em Ponta Grossa foi transferido para Tibagi.

Exclusões:

Um caso confirmado na data de 20/6 em Rolândia foi excluído por duplicidade de notificação.

Deixe uma resposta