Vereadora de Curitiba é conduzida ao Gaeco em investigação sobre ‘rachadinhas’

A vereadora de Curitiba Fabiane Rosa (PSD) foi conduzida ao Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) na manhã desta segunda-feira (27). Ela foi levada para a sede do Gaeco, bairro Ahú, após cumprimento de mandados de busca e apreensão no gabinete dela, na Câmara Municipal, no Centro da capital. A vereadora será ouvida de maneira formal nas próximas horas. As informações são da Banda B.

As investigações apontam que a parlamentar é suspeita de um esquema de rachadinha – quando o político recebe parte do salário do seus funcionários comissionados.

Duas viaturas oficiais do Gaeco participaram da ação, cerca de 8 policiais. As buscas e apreensões de documentos ocorreram no gabinete da vereadora e ela foi levada da casa dela até o Gaeco.

A Banda B entrou em contato com a assessoria de imprensa da vereadora Fabiane Rosa e aguarda retorno.

Deixe uma resposta